Arquivos de Família.
Épocas Medieval e Moderna

Jornada

Resumo

Nas duas últimas décadas século XX assistiu-se a significativos marcos na valorização dos arquivos de família, em função da confluência de diversos desenvolvimentos disciplinares e sociais. Desde a década de 1990 que, em Itália, França e Espanha, se realizam reuniões alargadas e se produzem vários trabalhos teóricos e práticos sobre o tema. Em Portugal, apesar de se terem dado os primeiros passos pela mesma época, em 2009 ainda havia muito a fazer nomeadamente em termos de envolvimento da sociedade civil. Esta jornada foi um primeiro passo nesse sentido. Foi estruturada em três painéis: um primeiro dedicado às perspetivas teóricas sobre a organização de arquivos de família; um segundo sobre a investigação realizada a partir da documentação conservada nesses arquivos; e um último voltado para o debate sobre a sua salvaguarda, custódia e difusão, com a preciosa colaboração de arquivistas e de proprietários de arquivos de família.

Mais informações

Data e local

20 de maio de 2009, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, Auditório 2, 3.º Piso, Torre B

Programa

9:30-9:45 – Sessão de Abertura
Luís Filipe Oliveira (IEM; U.Alg.), João Paulo Oliveira e Costa (CHAM; FCSH-UNL)

9:45-11:00 – Painel I: Organizar Arquivos de Família: perspectivas teóricas actuais
Maria de Lurdes Rosa (IEM; FCSH-UNL) e Armando Malheiro da Silva (FLUP)

11:00-11:20 – Pausa para café

11:20-13:00 – Painel II: Investigar com arquivos de família

  • Investigar em História social da Idade Média com arquivos de família: uma experiência | Mário Farelo (IEM; FCSH-UNL)
  • Quando o silêncio impera: construir a história da nobreza sem arquivos de família | Alexandra Pelúcia (CHAM; FCSH-UNL)
  • Algumas notas sobre arquivos de casas nobiliárquicas (séculos XVI-XIX) | Nuno Gonçalo Monteiro (ICS)
  • A organicidade dos ‘fundos’ de Antigo Regime. Entre o ‘público’ e o ‘privado’ nas colecções do Conselho Ultramarino (séculos XVII-XIX) | Tiago Miranda (CHAM)

13:00-14:30 – Almoço

14:30-17:30 – Painel III: Salvaguardar, Custodiar, Difundir Arquivos de Família
Bernardo Vasconcellos e Sousa (IEM; FCSH-UNL) (coord.), Silvestre Lacerda (DGARQ), Maria José Mexia (ANTT), Luís Vasconcellos e Souza, António Pinto de França, Maria José Villas Boas, Luís da Costa de Sousa de Macedo

Organização

Comissão Organizadora

  • Maria de Lurdes Rosa
  • Luís Vasconcellos e Souza

Secretariado

  • Inês Pinto Coelho
  • Maria Filomena Melo

Entidades Promotoras

  • Instituto de Estudos Medievais / Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa (IEM)
  • Centro de História d’Aquém e d’Além-Mar / Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa; Universidade dos Açores (CHAM)

Colaboração

  • Direção-Geral de Arquivos (DGARQ)
Apoios
  • Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa (FCSH-UNL)
  • Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)