Arquivos de família em Portugal

Conferências e Workshop

Resumo

O “Programa anual de atividades de sensibilização para a importância de um património em risco” compreendeu um leque diversificado de atividades, que procuraram aprofundar o conhecimento de alguns arquivos de família, em especial de famílias nobres de Antigo Regime (acervos ancorados em fortes estruturas linhagísticas, patrimoniais, jurisdicionais e políticas, que reuniram condições para resistir às vicissitudes do tempo): de que forma podem contribuir para um conhecimento de aspetos ignorados da História de Portugal; que cuidados patrimoniais envolvem; como se pode responder às dificuldades financeiras e organizacionais da sua manutenção e disponibilização; como devem ser organizados sob um prisma tecnicamente correto.

Houve duas conferências inaugurais: a primeira centrou-se nos arquivos de família e na política nacional; a segunda nos olhares diversos sobre um arquivo de família na posse dos proprietários e aberto aos estudiosos.

O workshop, que teve lugar da parte da tarde, foi pensado para todos aqueles que lidam com este tipo de arquivos, sem possuir formação técnica específica, e que puderam encontrar um espaço de informação, de esclarecimento de dúvidas e de debate de problemas comuns.

Mais informações

Data e local

24 de outubro de 2009, Lisboa, Torre do Tombo

Programa

11:00 – Abertura

11:10 – Os arquivos de família e a política nacional de arquivos
Silvestre Lacerda (Diretor-Geral da DGARQ)

12:00 – Olhares diversos sobre um arquivo de família na posse dos proprietários e aberto aos estudiosos
António Vasco de Mello (Casa de Sabugosa e S. Lourenço), Pedro Urbano (FCSH-UNL), Luís Espinha da Silveira (FCSH-UNL)

13:00 – Pausa para almoço (livre)

14:30-17:30 – Workshop para proprietários de arquivos de família e outros interessados sobre noções básicas de arquivística e sobre organização, conservação e difusão de acervos de família

Organização

Comissão Organizadora

  • Maria de Lurdes Rosa
  • Luís Vasconcellos e Souza
  • Pedro Urbano

Secretariado

  • Bruno Silva (IEM)

Entidades Promotoras

  • Instituto de Estudos Medievais / Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa (IEM)
  • Centro de História d’Aquém e d’Além-Mar / Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa; Universidade dos Açores (CHAM)
  • Direção-Geral de Arquivos (DGARQ)
  • Pro-Associação de proprietários e amigos de arquivos de família
Apoios
  • Faculdade de Ciências Sociais e Humanas – Universidade Nova de Lisboa (FCSH-UNL)
  • Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT)