Arquivos de família: Memórias habitadas. Guia para salvaguarda e estudo de um património em risco

Livro editado

Resumo

Trata-se de mais um resultado do trabalho sobre arquivos de família, que é desenvolvido no seio desta unidade de investigação nacional, e que é destinado especificamente para os proprietários deste tipo de arquivo.

Com a publicação deste manual pretende-se colmatar um vazio, por todos sentido, pois, ao contrário do que se sucede noutros países como Espanha, França, Itália ou Inglaterra, estava ainda por produzir em Portugal um manual destinado aos possuidores de arquivos que, não tendo necessariamente formação especializada na área, pudessem servir-se dele para melhor compreender, utilizar e preservar o seu património documental.

Tomando por inspiração os exemplos internacionais e atendendo às especificidades do contexto português, desenhou-se o presente “Guia” com a contribuição de arquivistas, historiadores e profissionais do restauro e preservação, com o intuito não só de abarcar um leque abrangente de matérias relativas a uma tipologia específica de arquivos mas também, e sobretudo, de procurar responder às necessidades e preocupações que ao longo dos últimos anos nos têm sido expressas pelos proprietários privados.

Nascendo de um contexto de investigação e estudo, o Guia representa uma voluntária e muito desejada ligação à sociedade, baseada na convicção da importância do impacto social da ciência.

Conteúdos

Textos introdutórios (8-15)

Prefácio (8-9)
Silvestre Lacerda

Apresentação (11-15)
Maria de Lurdes Rosa, Rita Sampaio da Nóvoa

Capítulo 1 - Compreender o seu arquivo de família | Margarida Leme (16-31)

Arquivos (17-18)

Documentos, documentos de arquivo e tipologia documental (19)

Princípios de organização (20)

Valor dos documentos (20-21)

Unidades arquivísticas (21-22)

Unidades de instalação (23)

Ciclos de vida dos documentos (23-26)

Tratamento arquivístico (27-30)

Bibliografia (31)

Capítulo 2 - Tratar do seu arquivo de família | Maria de Lurdes Rosa (32-61)

O nosso “arquivo” existe mesmo sem nós querermos. É melhor lidarmos com ele antes que tudo se acumule (33-37)

De “arrumar os papéis” a “organizar um arquivo” (38-42)

Classificar e ordenar (43-51)

Um desvio necessário: como fazer a história de uma família / um indivíduo (52-56)

Descrição arquivística (56-57)

Últimos conselhos para o caminho (57-59)

Bibliografia (60-61)

Capítulo 3 - Preservar o seu arquivo de família | Inês Correia (62-75)

A preservação dos materiais que mantêm a memória (64-67)

O estado físico dos documentos (68-69)

As práticas e as boas-práticas (70-72)

A acção de insectos e microorganismos (72-75)

Bibliografia (75)

Capítulo 4 - Proteger o seu arquivo de família, através de contratos de depósito | Sofia Fernandes (76-93)

Um património cultural inestimável. Que soluções para a sua proteção? (78-83)

Como agir na prática: passos a seguir… (83-90)

Por que tipo de contrato optar? (90-93)

Para concluir… (93)

Bibliografia (93)

Capítulo 5 - Valorizar o seu arquivo de família | Maria João da Câmara Andrade e Sousa (94-115)

Opções clássicas de valorização (99-103)

Opções inovadoras de valorização – o mundo virtual (103-111)

Financiamentos e apoios (112-114)

Bibliografia (115)

Textos finais (117-128)

Agradecimentos (117-118)

Bibliografia geral (119-123)

Autores (125-127)

Créditos fotográficos (128)