Acções do Documento

Antropologia

Palavras-chave

  • Relativismo Cultural
  • Direitos Humanos
  • Etnografia
  • Antropologia Biológica
  • Diversidade social

 

Apresentação

A Antropologia torna familiar aquilo que à partida parece estranho, e torna estranho aquilo que à partida parecia familiar.

A Antropologia é uma ciência comparativa, que estuda o homem nas suas múltiplas dimensões sociais, culturais e biológicas, procurando o que é comum e diverso nos grupos humanos. Neste âmbito, é aberta à diversidade, à riqueza e aos fluxos do mundo contemporâneo e global, e está atenta às heranças do passado, às transformações da tradição e à força das identidades étnicas, nacionais e outras.

É uma ciência de debate, reflexão e transformação contínua dos olhares sobre o mundo. Tendo sido uma disciplina focalizada, no seu período clássico, no estudo de sociedades sem escrita, hoje a Antropologia aborda todo os contextos, incluindo as sociedades ocidentais.

O antropólogo é um intérprete que participa no diálogo entre grupos, e que também testemunha e analisa os conflitos, sob a forma de xenofobia, racismo, intolerância religiosa, etc.. A maneira como o homem se relaciona com o meio ambiente e as preocupações ecológicas da atualidade levam a repensar categorias dadas por adquiridas.

Uma das heranças a Antropologia clássica é o gosto de conviver com as pessoas, em projetos etnográficos que representam formas de colaboração. O antropólogo não se limita a observar o que as pessoas fazem: o antropólogo faz com as pessoas, ao lado delas.

Os objetivos da licenciatura em Antropologia são:

  • Estimular a compreensão da diversidade humana e das interligações entre aspetos da vida social, cultural e biológica;
  • Desenvolver a capacidade de reconhecer e refletir criticamente sobre problemas do mundo contemporâneo e respetiva aplicação a situações práticas;
  • Desenvolver a preparação teórica em antropologia nas suas múltiplas dimensões;
  • Sensibilizar para a importância do método etnográfico na compreensão dos grupos humanos e adquirir as técnicas necessárias para a sua utilização.

 

Coordenação

Coordenação executiva: Filomena Silvano

Coordenador do Curso de Licenciatura: Frederico Delgado Rosa

 

Plano de Estudos

A licenciatura em Antropologia é constituída por 180 ECTS a completar em seis semestres (3 anos lectivos). Para a conclusão do diploma, o estudante deverá realizar obrigatoriamente 150 ECTS na área científica do curso + 30 ECTS em opções livres (qualquer área científica, incluindo antropologia). Nas UCs Opcionais de Antropologia, os estudantes deverão escolher 2 contextos diferentes (12 ECTS) + 2 opções em Antropologia (12 ECTS) a seleccionar entre o leque oferecido anualmente.

 

Percurso Recomendado:

1º Ano

História da Antropologia

Leitura de Textos Etnográficos I

Teorias Socio-antropológicas

Biologia e Cultura

Metodologia do Trabalho Científico

 

Temas do Pensamento Antropológico

Leitura de Textos Etnográficos II

Antropologia Económica

História da Antropologia Portuguesa

Métodos Quantitativos para as Ciências Sociais

 

2º Ano

Antropologia do Parentesco e do Género

Antropologia Biológica

Antropologia Política

Duas unidades curriculares de opção

 

Antropologia Urbana

Antropologia e Património

Método Etnográfico

Antropologia da Religião

Uma unidade curricular de opção

 

3º Ano

Antropologia do Simbólico

Laboratório de Antropologia

Antropologia Visual

Antropologia Portuguesa Contemporânea

Uma unidade curricular de opção

Cinco unidades curriculares opcionais

 

Corpo Docente

Amélia Frazão Moreira

Ana Isabel Afonso

Catarina Alves Costa

Clara Saraiva

Filomena Silvano

Frederico Delgado Rosa

João Leal

José Mapril

Margarida Fernandes

Maria Cardeira da Silva

Marta Rosales

Paula Godinho

Rui Pereira

Sónia Vespeira de Almeida

Susana Trovão

Tânia Rodrigues

 

Candidaturas | Número de vagas | Propinas

Para saber mais sobre estes tópicos consulte a página Licenciaturas.

 

Taxa de Empregabilidade

87,4%*

*Dados de empregabilidade recolhidos pela Direção-Geral de Estatísticas de Educação e Ciência (DGEEC) junto do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP)

 

Saídas Profissionais

    • Museus e Gestão do Património
    • Autarquias e Gestão Local e Regional
    • Organizações de Animação Sociocultural
    • Agências de Desenvolvimento e Cooperação
    • Apoio à Gestão de Recursos Humanos
    • Agências de Comunicação Social
    • Instituições de Ensino e Investigação

 

Secretariado

E-mail: antropologia@fcsh.unl.pt

Tel.: +351 217 908 369

 

Ligações Úteis

 

Observações

Através de parcerias com diversas instituições, governamentais e não governamentais, nas mais diversas áreas da sociedade envolvente, os estudantes poderão realizar 6 ECTS como “opção livre”, nas modalidades “Estágio Curricular” e “Voluntariado Curricular”.

O Departamento de Antropologia da NOVA FCSH tem em curso protocolos com outras instituições nacionais e internacionais, colaborando em programas de mobilidade internacional que facultam o intercâmbio de docentes e discentes, dando-lhes a possibilidade de frequentar universidades internacionais, ao abrigo do Programa Erasmus-Sócrates e Fellow Mundus.

Topo da Página