Acções do Documento

Comunicar e apreender na Era Digital

 

Área científica

Ciências da Comunicação

 

Palavras-chave

Comunicação digital, literacia digital, desenvolvimento de competências digitais, relação saber-fazer.

 

Apresentação

Comunicar e apreender na Era Digital é uma pós graduação que visa dotar os estudantes das ciências sociais e humanas, profissionais e o público de um conjunto de conhecimentos e de instrumentos indispensáveis para responder com eficácia às necessidades comunicacionais do século XXI.

Desenvolver competências para reforçar as ligações entre o tecido empresarial e as universidades a fim de tornar mais forte a competitividade das empresas, colmatar carências de formação nesta área são os objetivos da iniciativa a Estratégia e Plano de Ação para a Empregabilidade Digital em Portugal 2015-2020, estruturada em torno de quatro eixos que visam contribuir para o desenvolvimento da economia digital nacional estimulando, simultaneamente, o crescimento económico.

A pós-graduação Comunicar e apreender na Era Digital integra-se também na linha das propostas oriundas do Ministério da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, através da iniciativa Competências Digitais e.2030, em que se “estipula (...) a participação de estudantes universitários na investigação e no desenvolvimento de novos produtos e serviços que requeiram ou beneficiem da aplicação da tecnologia digital”.

Parceria: Associação Portuguesa de Imprensa

 

Objetivos

São objetivos específicos da pós-graduação:

    • Dotar os licenciados de competências na área digital a dois níveis: saber e saber-fazer;
    • Refletir sobre a relação entre modelos teóricos de comunicação digital e as múltiplas valências da prática;
    • Exercitar competências de comunicação necessárias à especialização na área.

 

Competências gerais

    • Adquirir saberes na área do design thinking;
    • Desenvolver competências na formalização de processos e procedimentos da arquiteturas de informação;
    • Aprofundar conhecimentos de prototipagem na sua relação com o "código".

 

Coordenação

Carlos Correia

Coordenação executiva: Irene Tomé

 

Plano de Estudos

O curso estrutura-se:

    • em 2 semestres num total de 60 ECTS (European Credit Transfer System);
    • é composto por 6 unidades curriculares com 10 ECTS cada
    • 5 unidades curriculares obrigatórias;
    • 1 unidade curricular de opção livre.

 

UNIDADES CURRICULARES

  • 1.º semestre
    • Metodologias e métodos de pesquisa digital (1. Saber utilizar os motores de pesquisa como forma de acesso ao conhecimento; 2. Estruturar a informação em bases de dados organizadas segundo os objetivos da pesquisa; 3. Operacionalizar conteúdos integrados em bases de dados; 4. Saber publicar e citar fontes digitais pesquisadas.)
    • Desenho de projetos de comunicação digital (1. Caracterizar tipos de utilizadores, hábitos de navegação e categorias; 2. Saber identificar, categorizar e hierarquizar conteúdos; 3. Identificar padrões de arquitetura e respetivas tipologias; 4. Desenvolver elementos e componentes de navegação de uma página Web; 5. Conceber desenhos de navegação e estratégias de interação.)
    • Estratégias de comunicação na web, mobile e redes (1. Adquirir e aprofundar capacidades analíticas sobre o significado e operacionalização de redes sociais; 2. Desenvolver estratégias de marketing implícitas no conceito de redes sociais; 3. Conceber, desenvolver e aplicar conhecimentos num projeto na área de comunicação ou marketing, aplicando os termos analisados ao longo dos seminários.)
  • 2º semestre
    • Teorias da comunicação digital e da apreensão do conhecimento (1. Compreender a importância das teorias digitais na sua conexão com a comunicação; 2. Conceptualizar os modernos conceitos da apreensão do conhecimento; 3. Saber aplicar os conceitos teóricos à prática da construção dos sistemas digitais.)
    • Produção de conteúdos audiovisuais e interativos (1. saber aplicar o conceito e estruturação de conteúdos a diferentes meios e linguagens; 2. desenvolver a dimensão digital do storytelling; 3. interpretar atitudes comportamentais dos utilizadores face aos conteúdos; 4. operacionalizar estratégias de desenho da navegação para a web e o mobile; 5. aplicar os conceitos e metodologias para produzir um esboço (wireframe) de uma página.)
  • Opção livre (Os estudantes devem frequentar o número de unidades curriculares necessárias para perfazer 10 ECTS do leque de unidades curriculares opcionais disponíveis na NOVA FCSH.)

 

Avaliação formativa e sumativa e os resultados das avaliações são expressos na escala numérica de 0 a 20 valores.

O curso funcionará em horário pós-laboral às 4.ª e 5.ª feiras das 18h00 às 22h00, nas instalações da NOVA FCSH.

 

Corpo Docente

O corpo docente é composto por professores, investigadores e bolseiros do ensino superior habilitados com os graus de Doutor e Mestre:

    • Carlos Correia
    • Irene Tomé

 

Conferencistas:

    • João Palmeiro

 

Outras colaborações:

    • Andreia Vieira
    • Luís Fernandes
    • Cátia Preguiça
    • Ana Carvalho
    • Júlio Ramos
    • Pedro Santo
    • Lúcia Correia
    • Hélder Pestana

 

Candidaturas e Número de vagas

Para saber mais sobre estes tópicos consulte a página Candidaturas.


Propinas

1.100 €

Pagamento faseado de propinas


Centros de Investigação

Centro de Investigação para Tecnologias Interativas – CITI

Entidade parceira que colabora na realização do curso: Associação Portuguesa de Imprensa – API

 

Contactos

E-mail: citi.unl@gmail.com

Website: http://www.citi.pt/pos-graduacao/

Telefone: 21 790 83 00, ext: 1597 ou 1598

 

Ligações Úteis

 

Observações

Concluída a pós-graduação o estudante poderá:

a) ingressar na componente não lectiva de um projecto de mestrado, na NOVA FCSH, desde que cumpra as normas específicas de creditação da formação e do número de créditos, anualmente estabelecidos;

b) estagiar na Associação Portuguesa de Imprensa – API, ou numa das empresas de comunicação associadas, em função das necessidades da entidade parceira.

Topo da Página