Docentes

José Neves

:
História
:
Professor Auxiliar
:

Contactos

:
612

Idiomas de Ensino

Castelhano

Inglês

Páginas online

Redes Profissionais e de Investigação

Áreas de Investigação

  • História da Cultura e Estudos Culturais
  • História das Ideias Políticas e dos Movimentos Sociais
  • Historiografia e Teoria da História
  • História dos Comunismos
  • Estudos sobre Nacionalismo, Pós-colonialismo e História do Anticolonialismo
  • História e Sociologia do Desporto
:
Portugal Contemporâneo, Cultura, Ideologia, Historiografia, Comunismo, Nacionalismo, Anticolonialismo, Desporto, Futebol

Associações e Redes de Investigação

Projectos de Investigação

  • Membro do Projecto: Amílcar Cabral, from Political History to Politics of Memory [PTDC/EPH-HIS/6964/2014]. 2016 - .
  • Investigador Responsável: The Making of State Power in Portugal: Institutionalization Processes from 1890 to 1986 [PTDC/HIS-HIS/104166/2008]. 2010-2013.

Publicações Relevantes

  • José Neves (org.), Quem Faz a História - Ensaios sobre o Portugal Contemporâneo, Lisboa, Edições Tinta-da-china, 2016.
  • José Neves e Nuno Domingos (orgs.), Uma História do Desporto em Portugal, 3 vols. (Matosinhos, Quidnovi, 2011)
  • José Neves (org.), Como se Faz um Povo - Ensaios para a História do Portugal Contemporâneo (Lisboa, Tinta-da-china, 2010)
  • José Neves e Bruno Peixe Dias (orgs.), A Política dos Muitos - Povo, Classes e Multidão (Lisboa, Tinta-da-china, 2010; existe versão económica de 2010)
  • José Neves, Comunismo e Nacionalismo em Portugal - Política, Cultura e História no Século XX (Lisboa, Tinta-da-china, 2008; existe versão económica de 2010). Esta obra obteve o Prémio de Ciências Sociais A. Sedas Nunes 2010, o Prémio CES Jovens Cientistas Sociais de Língua Portuguesa 2009 e o Prémio Victor de Sá de História Contemporânea 2008.
  • José Neves (org.), Da Gaveta para Fora - Ensaios sobre Marxistas (Porto, Afrontamento, 2006)
  • José Neves (org.), Álvaro Cunhal – Política, História e Estética, Lisboa, Tinta-da-china, 2013.
  • Diego Palacios Cerezales, Fátima Sá e Melo Ferreira e José Neves (orgs.), Da Economia Moral da Multidão à Arte Não Ser Governado - E.P.Thompson e James C. Scott na Ibéria, 100 Luz, Castro Verde, 2013.
  • AAVV (orgs.), Pensamento Crítico Contemporâneo, Lisboa, Edições 70, 2013.
  • José Neves, «Utopia and Science in Portuguese Communism», em: Francisco Bethencourt (coord.), Utopia in Portugal, Brazil and Lusophone African Countries, Oxford, Bern, Berlin, Bruxelles, Frankfurt am Main, New York, Wien, Peter Lang, 2015, pp.205-232.
  • José Neves, «The case of the Braga stadium: work, spectacle and democracy in the 21st century», em: Giuseppe Cocco and Barbara Szaniecki (coords.), Creative Capitalism, Multitudinous Creativity, Londres, Lexington Books, 2015, pp.25-42.
  • José Neves e Nuno Domingos, «Desporto e modernidade em Portugal», em: Victor Melo (coord.), Esporte no Cenário Ibero-americano, Rio de Janeiro, Editora 7 Letras, 2015, pp.83-96.
  • José Neves e Nuno Domingos, «Para a história da história do esporte em Portugal», em: Victor Melo (coord.), Esporte no Cenário Ibero-americano, Rio de Janeiro, Editora 7 Letras, 2015, pp. 179-192.
  • José Neves, «Para a história da crítica e do uso comunista do desporto da URSS dos anos 20 ao Portugal do segundo pós-guerra», em: Victor Andrade de Melo, Fabio de Faria Peres, Maurício Drumond (coords.), Esporte, Cultura, Nação, Estado – Brasil e Portugal, Rio de Janeiro, Editora 7Letras, 2014, pp.136-155.
  • José Neves, «‘Portugal is Not a Poor Country’: The Power of Communism», em: Luís Trindade (coord.), The Making of Modern Portugal, Newcastle upon Tyne, Cambridges Scholars Publishing, 2013, pp.270-290.
  • José Neves, «La invención del militante comunista en Portugal», em: Manuel Pérez Ledesma (coord.), Lenguajes de modernidad en la Península Ibérica, Madrid, Universidad Autónoma de Madrid, 2012, pp.273-294.
  • José Neves, «The Role of Portugal on the Stage of Imperialism: Communism, Nationalism and Colonialism (1930–1960)», em: Martin Mevius (coord.), The Communist Quest for National Legitimacy in Europe, 1918-1989, Londres e Nova Iorque, Routledge, 2011, pp.108-122.
  • José Neves, «Nem a vossa liberdade, nem a vossa protecção – Notas de leitura de "Crítica de List" e de "Discurso sobre a Questão do Comércio Livre"», em: Domenico Losurdo, José Barata-Moura and Stefano G. Azzara (coords.), Universalism, National Questions and Conflicts concerning Hegemony, Nápoles, La città del sole, 2011, pp.205- 220.
  • José Neves, «Ideologia, ciência e povo em Amílcar Cabral», em História, Ciências, Saúde – Manguinhos, Brasil – aceite para publicação.
  • José Neves, «O desporto enquanto paz. Contributo para a história de uma idéia», em EFDeportes.com, Revista Digital, Buenos Aires, Año 20, Nº 214, Marzo de 2016. http://www.efdeportes.com/
  • José Neves, «From culture in Portugal to Portuguese culture: Marxism, globalization and nationalism in António José Saraiva», em Portuguese Journal of Social Sciences, 14 (3), pp. 303–317, 2015.
  • José Neves, «The foreign road to the homeland. Paris and the national turn of a Portuguese communist», em Twentieth Century Communism, 7, September 2014.
  • José Neves, «The Role of Portugal on the Stage of Imperialism: Communism, Nationalism and Colonialism (1930-1960)», em Nationalities Papers, vol. 37, Jullho 2009, p. 485-499.
  • José Neves, «Ler desportivamente Lenine – Para a História do Comunismo e do Desporto em Portugal», em Esporte e Sociedade, ano 4, n.11, Março-Julho 2009.
  • José Neves, «O Comunismo Mágico-Científico de Alves Redol», em Etnográfica, Lisboa, 11 (1), 2007.
  • José Neves, «On Communism and Nation – Notes from the History of the Colonial Question in the Portuguese Communist Party», em E-Journal of Portuguese History, Providence (USA) / Oporto (Portugal), vol. 4, n. º 1, Summer 2006.
  • José Neves, «Porque o Samba é Filho da Dor: A Comemoração dos 500 Anos do Descobrimento do Brasil e a Opinião na Imprensa Portuguesa», em Dialogia, São Paulo (Brasil), n.º 4, 2006.
  • José Neves, «Depois do Fim da História – Estatística e Testemunho», em Ler História, Lisboa, n.º 50, 2006.
  • José Neves, «A Imaginação da Nação na Historiografia Comunista Portuguesa», em Ler História, Lisboa, n.º 46, 2004.
  • José Neves, «Marxismo», em Dicionário de Historiadores Portugueses – da Academia Real das Ciências ao Final do Estado Novo, 2014, em: http://dichp.bnportugal.pt/
  • José Neves, «Os sujeitos da história», em: José Neves, Quem faz a história – Ensaios sobre o Portugal Contemporâneo, Lisboa, Tinta-da-china, 2016.
  • José Neves, «Antonio Negri e Michael Hardt: Genealogia e Possibilidades do Comum», em: Pensamento Crítico Contemporâneo, Lisboa, Edições 70, pp. 303-327.
  • José Neves, «Arquitectura, massificação e democracia: notas sobre um estádio de futebol», em: Filipe Carreira da Silva e Pedro Alcântara da Silva (coords.), Ciências Sociais: Vocação e Profissão. Homenagem a Manuel Villaverde Cabral, Lisboa, Imprensa de Ciências Sociais, 2013, pp.559-574.
  • José Neves, «Emancipação, história e política: notas de uma leitura cruzada de E. P. Thompson e Antonio Negri», em: Diego Palacios Cerezales, Fátima Sá e Melo Ferreira e José Neves (coords.), Da Economia Moral da Multidão à Arte Não Ser Governado - E.P.Thompson and James C. Scott na Ibéria, Castro Verde, 100 Luz, 2013, pp.173-184.
  • José Neves, «Álvaro Cunhal, História e Comunismo», em: José Neves (coord.), Álvaro Cunhal – Política, História e Estética, Lisboa, Tinta-da-china, 2013, pp.14-22.
  • José Neves, «Grandes Eventos, Sentimento Nacional e Comércio Mundial - Notas sobre o Euro 2004», em: André Barata, António Santos Pereira e José Ricardo Carvalheiro (coords.), Representações da Portugalidade, Lisboa, Caminho, 2011, pp. 129-146.
  • José Neves, «Os comunistas e a nacionalização do futebol», em: José Neves e Nuno Domingos (coords.), Uma História do Desporto em Portugal – Volume 2: Nação, Império e Globalização, Vila do Conde, Quidnovi / Comissão Nacional para a Comemoração do Centenário da República, 2011, pp.247-262.

Formação

Ano Grau Área Instituição Classificação
2008
Doutor
História
ISCTE-IUL
2001
Licenciado
História
ISCTE-IUL
17

Experiência Profissional Relevante

  • Director de Práticas da História - Journal on Theory, Historiography and Uses of the Past
  • Vice-presidente do Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa (2016 - )
  • Coordenador da Linha de Investigação "Poder, Cultura e Ideias", Instituto de História Contemporânea da FCSH-Nova (2011 - 2016 )
  • Director-Adjunto (área da História) da revista Análise Social (2011 - 2014)
  • Professor Visitante no Departamento de História do King's College - Universidade de Londres (1º semestre, 2011-2012)
  • Comissário Científico da Exposição Povo-People, organizada pela Fundação EDP (2010)
  • Investigador de Pós-doutoramento no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (2008-2009)
  • Bolseiro de Pós-Doutoramento FCT (2008-2009)
  • Bolseiro de Doutoramento FCT (2002-2006)
  • Bolseiro do programa Prémio Estímulo à Investigação GULBENKIAN 2001

A atualização dos dados é da responsabilidade do respetivo docente e poderá ser feita na intranet.