Docentes

Iolanda Freitas Ramos

:
Iolanda Ramos
:
Línguas, Culturas e Literaturas Modernas
:
Professor Associado

Contactos

:
210

Idiomas de Ensino

Inglês

Português

Páginas online

Áreas de Investigação

  • Estudos Ingleses (séculos XVI-XXI)
  • Estudos Culturais (séculos XIX-XXI)
  • Estudos sobre a Utopia (séculos XVI-XXI)
  • Estudos Vitorianos e Neovitorianos
  • Estudos Ruskinianos
  • Estudos de Género / Estudos sobre Império
  • Estudos de Tradução
  • Estudos sobre a Alimentação
:
Estudos ingleses, cultura, utopia, neovitorianismo, império, género, Ruskin.

Publicações Relevantes

  • “Food for Thought: Nurture and Nature in The Giver”. Cadernos de Literatura Comparada, nº36, 2017. 139-151.
  • “Interacções Pragmáticas: Interculturalidade, Identidade(s) e Globalização”. Viagens Intemporais pelo Saber: Mapas, Redes e Histórias. Coord. Catarina Monteiro, Clara Sarmento e Gisela Hasparyk. Porto: Edição CEI, 2017. 136-158.
  • “Perdidos e Achados na Tradução: Pragmática e Inter/Transculturalidade”. Co-aut. Tradução, Transcriação, Transculturalidade. Ed. Maria Clotilde Almeida, Luís Cavaco-Cruz e Iolanda Ramos. Independence, MO: Arkonte Publishing, 2016. 73-122.
  • “Exploring the Realms of Utopia: Science Fiction and Adventure in A Red Sun Also Rises and The Giver”. Utopia(s): Worlds and Frontiers of the Imaginary. Ed. Maria do Rosário Monteiro and Mário S. Ming Kong. London: CRC Press, 2016. 387-391.
  • Matrizes Culturais: Notas para um Estudo da Era Vitoriana. Lisboa: Edições Colibri, 2014.
  • “Performing Illusion: Neo-Victorianism, Utopianism and Cultural (De)Constructions”. Performing Identities and Utopias of Belonging. Ed. Teresa Botelho and Iolanda Ramos. Newcastle upon Tyne: Cambridge Scholars Publishing, 2013. 110-127.
  • “Economia Moral e Estudos Culturais: Textos e Contextos na (Re)Criação do Cânone.” Da Economia Moral da Multidão à Arte de Não Ser Governado: E. P. Thompson e James C. Scott na Ibéria. Ed. Diego Palacios Cerezales, Fátima Sá e Melo Ferreira and José Neves. Castro Verde: 100LUZ, 2013. 147-62.
  • “A Global Family of Man: The Imperial Utopia of ‘White Negroes’.” (Dis)entangling Darwin: Cross-Disciplinary Reflections on the Man and His Legacy. Ed. Sara Graça da Silva, Fátima Vieira and Jorge Bastos da Silva. Newcastle upon Tyne: Cambridge Scholars Publishing, 2012. 118-33.
  • “Neovitorianismo e Utopias do Além: A Popularização da Ciência em Representações Oitocentistas e Ficcionalizações Contemporâneas.” Ciência e Cultura: Ficcionalizações da Ciência na Grã-Bretanha (Séculos XIX e XX). Ed. Filipe Furtado and Gabriela Gândara Terenas. Casal de Cambra: Caleidoscópio, 2012. 213-27.
  • “A Visão Pré-Rafaelita: Uma Utopia Transcultural.” Arte e Sociedade: Actas das Conferências As Artes Visuais e as Outras Artes. Ed. Cristina Pratas Cruzeiro and Rui Oliveira Lopes. Lisbon: Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa / FCT/ CIEBA – Centro de Investigação e de Estudos em Belas-Artes, 2011. 276-87.
  • “Museums for the People: A Signifying Practice of Order within a Community.” Ruskin in Perspective: Contemporary Essays. Ed. Carmen Casaliggi and Paul March-Russell. Newcastle upon Tyne: Cambridge Scholars Publishing, 2010 (1st ed. 2007). 115-31.
  • “Translating Cultures: The Pragmatics of Translation and Intercultural Communication”. Letras & Ciências: As Duas Culturas de Filipe Furtado – Livro de Homenagem. Ed. Carlos Ceia, Miguel Alarcão e Iolanda Ramos. Casal de Cambra: Caleidoscópio, 2009. 433-441.
  • “Clues to Utopia in W. H. Mallock’s The New Republic”. Spaces of Utopia: An Electronic Journal. Nr. 2, Summer, 2006. 28-41.
  • “Em Busca de Um Herói: O Tricentenário de Camões”. Os Descobrimentos Portugueses no Mundo de Língua Inglesa, 1880-1972 / The Portuguese Discoveries in the English-Speaking World, 1880-1972. Ed. Teresa Pinto Coelho. Lisboa: Edições Colibri, 2005. 15-45.
  • “‘Tell me what you like, and I’ll tell you what you are’ – An Overview of the Victorian Political Economy of Art”. Cahiers Victoriens et Édouardiens: Miscellany / The Great Exhibition Conference. Ed. Annie Escuret e Fátima Vieira. Montpellier, nº57, 2003. 211-222.
  • O Poder do Pó: O Pensamento Social e Político de John Ruskin (1819-1900). Lisboa: Fundação Calouste Gulbenkian / Fundação para a Ciência e Tecnologia, 2002.
  • “Camões: Perfil Encomiástico em Inglês”. Camões em Inglaterra. Ed. Maria Leonor Machado de Sousa. Lisboa: ICALP, 1992. 215-243.

Formação

Ano Grau Área Instituição Classificação
2000
Doutor
Estudos Anglo-Portugueses, especialidade de Cultura Inglesa
FCSH-UNL
Muito Bom com Distinção e Louvor por Unanimidade
1989
Mestre
Estudos Anglo-Portugueses
FCSH-UNL
Muito Bom por Unanimidade
1984
Licenciado
Línguas e Literaturas Modernas (Estudos Portugueses e Ingleses)
FCSH-UNL
15 (quinze) valores

Experiência Profissional Relevante

  • Docente na FCSH-UNL desde 1985, investigadora no CETAPS (antigo CEAP e CEC) desde 1985 e colaboradora no ULICES/CEAUL desde 2010.
  • Coordenadora do Mestrado em Literaturas e Culturas Modernas (2017-), do Mestrado em Tradução (2009-11), da Secção de Estudos Ingleses e Norte-Americanos do Dept. Línguas, Culturas e Literaturas Modernas (2007-08) e do Programa Erasmus (2000-07).
  • Membro do Editorial Board de The Eighth Lamp: Ruskin Studies Today (2011-actualidade).
  • Membro do Editorial Board de Spaces of Utopia: An Electronic Journal (2006-actualidade) e editora do nr. 2, Summer 2006 <http://ler.letras.up.pt> ISSN 1646-4729.
  • Membro da Comissão Organizadora de diversas "International Translation Conference", co-org. Tradulínguas (FCSH, 2007-11) e do "International Symposium Performing Identities and Utopias of Belonging in American and British Contexts” (FCSH, 2010).

A atualização dos dados é da responsabilidade do respetivo docente e poderá ser feita na intranet.