Acções do Documento

FCSH 4.0

Apresentação

Iniciado em 2010, FCSH 4.0 – Mais Inovação e Internacionalização nas Ciências Sociais e Humanas representa o compromisso desta Faculdade na criação de uma rede coesa, inovadora e inclusiva de equipamentos e infraestruturas nas áreas do acesso, criação e difusão de informação para as Ciências Sociais, Artes e Humanidades.

 

FCSH 4.0 tem como objetivos gerais:

1) Melhorar a articulação com outros parceiros e redes nacionais e internacionais;

2) Promover a criação de produtos tecnológicos inovadores;

3) Incrementar a partilha de equipamento em rede;

4) Divulgar e disponibilizar o acesso livre ao conhecimento produzido.

 

Implementação

O projeto FCSH 4.0 contempla 4 fases de atuação:

1) Desenvolvimento da infraestrutura informática, para melhorar o nível do serviço prestado à comunidade educativa e científica, através da consolidação dos seus processos operacionais assente numa infraestrutura informática inclusiva, inovadora, eficaz e flexível (2010-2015);

2) Adaptação/renovação/atualização/expansão da rede de equipamentos científicos e respetivas infraestruturas, em particular no domínio das tecnologias da informação e da comunicação (2010-2015);

3) Dinamização de uma rede nacional de valorização de resultados de I&D para as Ciências Sociais, Artes e Humanidades (CSAH), culminando na implementação e liderança de um consórcio de instituições de naturezas diversas para a preparação de uma candidatura ao Concurso para a Criação de um Roteiro Nacional de Infraestruturas de Investigação (2012-2014);

4) Disponibilização em acesso aberto dos conteúdos digitais e dos resultados da investigação da FCSH e de outras instituições para a sociedade, através da Plataforma ROSSIO (linkar a http://rossio.fcsh.unl.pt/). O ROSSIO constituirá uma infraestrutura portuguesa de investigação de referência para as CSAH, uma plataforma de disseminação de conteúdos digitais única, de qualidade e de acesso aberto, que contribuirá para a excelência e a internacionalização da investigação e do ensino e para a promoção de usos inovadores dos conteúdos (2015).

 

Co-Financiamento

FCSH 4.0 constitui a Operação LISBOA-01-0162-FEDER-001188 com um montante elegível aprovado de 390.788,79 €, fundo aprovado de 156.315,52 €, elegível e executado 196.697,84 € e fundo executado de 78.679,14 €. Este é um projeto co-financiado em overbooking pelo Quadro de Referência Estratégico Nacional, no âmbito do Programa Operacional Regional de Lisboa, ao abrigo do Sistema de Apoio a Infraestruturas Científicas e Tecnológicas, enquadrado no Tema Prioritário 02Infraestruturas de IDT (incluindo implantação material, instrumentação e redes informáticas de alta velocidade entre os centros) do Eixo Prioritário I “Competitividade, Inovação e Conhecimento”.

 

Topo da Página