Acções do Documento

Re-Conhecendo o Egipto: Metodologias e Problemáticas em Egiptologia

Início: 3 de setembro

Datas: 3 a 7 de setembro | dias úteis das 11h00 às 13h30 e das 14h30 às 17h00

Docente Responsável: Maria Helena Trindade Lopes

Docentes: André Patrício, Catarina Miranda, Jessica Santos e Marcus Carvalho Pinto

Áreas: História, Património e Cultura

 

Objetivos

  • Conhecer a história da Egiptologia e os diferentes percursos para o estudo desta disciplina;
  • Perceber as diversas facetas do trabalho de um egiptólogo;
  • Conhecer as principais problemáticas em Egiptologia, bem como as metodologias aplicadas;
  • Compreender, através de estudos de casos baseados em pesquisas atuais, como se dá a construção do conhecimento em Egiptologia.

 

Programa

1. A descoberta do Egipto Antigo:

1.1. Os primórdios da arqueologia egípcia e da Egiptologia
1.2. A Egiptologia em Portugal

2. A Egiptologia na atualidade:

2.1 Instituições de ensino e de investigação
2.2. Museus
2.3. Congressos e Publicações
2.4. Principais recursos online

3. A Construção do Conhecimento em Egiptologia: O Uso das Fontes (estudos de caso)

3.1. Arqueologia
3.2. Arquitetura
3.2.1. Templos
3.2.2. Cidades
3.3. Literatura
3.4. Arte
3.5 Cultura material
3.5.1 Túmulos e seus Conteúdos
3.5.2 Amuletos

 

Bibliografia

BARD, K., An Introduction of the Archaeology of Ancient Egypt, Oxford, Blackwell Publishing, 2007.

HORNUNG, E.; KRAUSS, R.; WARBURTON, D. A., Ancient Egyptian Chronology, Leiden, Brill, 2006.

HORNUNG, E., Introducción a la Egiptología: Estado, Métodos, Tareas. Madrid, Trotta, 2000.

LICHTHEIM, M., Ancient Egyptian Literature, 3 vols. Berkeley and Los Angeles, University of California Press, 1973-1980.

MALEK, J., Egypt, 4000 years of art, London, Phaidon Press, 2003.

___________________________________

André Patrício é Psicólogo Clínico pré-Bolonha pela Faculdade de Psicologia da Universidade de Lisboa e Doutorando em História pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade da Universidade Nova de Lisboa, área de especialidade em História Antiga. É Mestre em Egiptologia, pela mesma Instituição. Assistente de Investigação do CHAM – Centro de Humanidades e membro de diversas Organizações Internacionais de Egiptologia, entre elas a International Association of Egyptologists, The Egypt Exploration Society e a Associação Portuguesa de Egiptologia.

Catarina Miranda encontra-se a realizar a sua dissertação de mestrado em Egiptologia na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) da Universidade Nova de Lisboa. Em 2015 formou-se em História na mesma instituição. É assistente de investigação do grupo "A Antiguidade e a sua Recepção" do Centro de Humanidades (CHAM) da mesma universidade. É coordenadora e editora assistente da revista AEGYPTOLOGUS - Cadernos de Divulgação Científica, criada e dirigida pelo Doutor Ronaldo G. Gurgel Pereira. Lecionou com Jéssica Santos e Marcus Pinto um curso livre de introdução à escrita hieroglífica na FCSH de março a maio de 2018.

Jessica Santos é licenciada em História e mestre em História (área de especialização em Egiptologia) pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e frequenta o curso de Doutoramento em História (área de especialização em História Antiga) na mesma instituição. É assistente de investigação do grupo "A Antiguidade e a sua Recepção" do CHAM e membro da Association of Students of Egyptology e da Society for the Study of Childhood in the Past.

Marcus Carvalho Pinto frequenta o curso de doutoramento em História pela Universidade Nova de Lisboa, área de especialidade em História Antiga, instituição pela qual também defendeu a sua dissertação de mestrado em Egiptologia, acerca do fenómeno lealista durante o Império Médio Inicial. Licenciado em História, área de especialidade em Arqueologia, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Ocupa a posição de Assistente de Investigação do CHAM - Centro de Humanidades. Possui experiência na área de Arqueologia pré-histórica e histórica.

Topo da Página