Acções do Documento

Ciclo “Instituições, Cidadania & Desenvolvimento”

 

 

CartazFinal.png

 

Num  ano  considerado  pela  comunidade  internacional  como  decisivo  para  (re)pensar  o desenvolvimento,  pretende-se, neste ciclo, contribuir para o debate sobre o que deve ser uma estratégia de crescimento  sustentável e a promoção de uma boa sociedade.

O desenvolvimento é hoje pensado como um processo que não se reduz à dimensão do crescimento económico, implicando também a participação cidadã e a promoção  da justiça e do  bem‐estar social.

É sobre o trinómio crescimento económico, instituições e participação cívica que este ciclo de seminários se debruça, através da discussão quinzenal de temas concretos, que decorre entre os meses de abril e novembro de 2014.

 

Ciclo de Seminários - 9 de abril a 19 de novembro

Seminário de Abertura: “Da ajuda ao desenvolvimento às parcerias estratégicas”

Data

9 de abril

Horário

18h – 19h30

Local

Edifício ID – NOVA / Sala Multiusos 3 – 4º piso

Moderadora

M. Margarida Marques (FCSH/NOVA)

Participantes

- Rogério Roque Amaro (ISCTE)

- Maria Hermínia Cabral (PGPD – Fundação Calouste Gulbenkian)

 

Enquadramento

O equacionamento de modelos de desenvolvimento participativo a que o oitavo Objetivo de Desenvolvimento do Milénio apela, incita os países a irem além do discurso benevolente da ajuda, e a empenharem-se na construção de parcerias estratégicas. Num mundo marcado por desigualdades, como pensar o desenvolvimento numa base de participação e reciprocidade?

 

2º Seminário: “Língua, cultura e economia do conhecimento”

Data

23 de abril

Horário

18h – 19h30

Local

Edifício ID – NOVA / Sala Multiusos 3– 4º piso

Moderador

Cármen Maciel (FCS/NOVA)

Participantes

- José Paulo Esperança (ISCTE)

- Madalena Arroja (Camões, I.P.)

 

Enquadramento

Com o advento da economia do conhecimento e o crescimento de redes de comunicação de âmbito planetário, a língua, a cultura e a economia formam uma tríade incontornável para o desenvolvimento. Que futuros possíveis se esboçam neste domínio para a Língua Portuguesa?

 

3º Seminário: “Diásporas, migrações e capacitação das comunidades”

Data

7 de maio

Horário

18h – 19h30

Local

Edifício ID – NOVA / Sala Multiusos 1 – 4º piso

Moderador

Rui Santos (FCSH/NOVA)

Participantes

- Jorge Malheiros (IGOT e CEG/UL)

- Pedro Lomba (Secretário de Estado Adjunto do Ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional)

 

Enquadramento

Num mundo cada vez mais interligado à escala global, os crescentes fluxos transfronteiriços de pessoas suscitam esperanças, mas também receios. Atendendo à redefinição das funções de redistribuição por parte dos Estados nacionais, em que medida podem as dinâmicas migratórias contribuir para a capacitação das comunidades e o desenvolvimento de sociedades mais justas e sustentáveis?

Ver fotos

 

4º Seminário: “Dinâmicas demográficas, inovação e valores sociais”

Data

21 de maio

Horário

18h – 19h30

Local

Edifício ID – NOVA / Sala Multiusos 2 – 4º piso

Moderadora

Maria João Valente Rosa (FCSH/NOVA   & FFMS)

Participantes

- Manuel Villaverde Cabral (Instituto do Envelhecimento e ICS/UL)

- Manuel de Lemos (União das Misericórdias Portuguesas)

 

Enquadramento

Na atualidade das sociedades, há uma tendência que se destaca, mesmo à escala mundial: o envelhecimento demográfico. É, contudo, nos países mais desenvolvidos, em especial os europeus, onde essa tendência é mais nítida. Estarão as sociedades preparadas para envelhecer? Qual o lugar para os jovens nas sociedades envelhecidas? Ou o que podem os jovens esperar de um país que envelhece? O exercício de cidadania ativa tem a marca da idade? Perante novos contextos demográficos, quais são os principais desafios que se colocam às sociedades contemporâneas? Estará o Estado Social em risco?

Ver fotos

 

5º Seminário: “Direitos Humanos & Desenvolvimento”

Data

8 de outubro

Horário

18h – 19h30

Local

Edifício ID – NOVA / Sala Multiusos 3 – 4º piso

Moderador

José Leitão (Advogado | FCSH/NOVA)

Participantes

- José Manuel Pureza (CES e FE/UC)

- Eduardo Paz Ferreira (FD/UL)

 

Enquadramento

Só recentemente a preocupação com a qualidade institucional passou a fazer parte da agenda dos agentes interessados nos processos de desenvolvimento. Num momento em que sociedades civis e dirigentes mundiais se organizam para discutirem como é possível estabelecer uma agenda pós-2015 mais abrangente e justa, que perspetivas se desenham para a inclusão dos direitos humanos nas políticas de desenvolvimento às várias escalas de intervenção?

 

6º Seminário: “Educação, transformação social e desenvolvimento”

Data

28 de outubro

Horário

18h – 19h30

Local

Auditório 2

Moderador

Rui Santos (FCSH/NOVA)

Participantes

David Justino (FCSH/NOVA)

Susana Damasceno (AIDGLOBAL)

Enquadramento

Considerada como um fator-chave, se não mesmo decisivo, para o sucesso económico dos países em geral e dos países em desenvolvimento em particular, a educação é também considerada um importante instrumento impulsionador de transformação social. Sendo conhecidas, no entanto, as persistentes desigualdades sociais, como poderá a chamada educação universal proporcionar as mesmas condições de participação social para todos?

 

7º Seminário: “Desigualdades Sociais: modelos de desenvolvimento e políticas públicas”

Data

5 de novembro

Horário

18h – 19h30

Local

Edifício ID – NOVA / Sala Multiusos 3 – 4º piso

Moderador

Jorge Pedreira (FCSH/NOVA)

Participantes

- Elísio Estanque (CES e FE/UC)

- Manuela Silva (Presidente da Fundação Betânia e ISEG/UL)

 

Enquadramento

Apesar do crescimento económico mundial e da melhoria geral de condições de vida, o mundo atual não deixa de revelar acentuadas assimetrias e desigualdades. Mesmo nas economias consideradas mais desenvolvidas, a “questão social” tem ressurgido na agenda dos atores sociais e dos decisores políticos. Com a crise do “Estado social”, como se pode mobilizar a sociedade civil para repensar as formas de correção das assimetrias sociais?

 

8º Seminário: “Cidadania Global. O lugar dos cidadãos no desenvolvimento”

Data

19 de novembro

Horário

18h – 19h30

Local

Edifício ID – NOVA / Sala Multiusos 3– 4º piso

Moderador

A confirmar

Participantes

A confirmar

 

Enquadramento

A cidadania global, que visa impulsionar um novo modelo de participação ativamente comprometida com a transformação social, interpela os cidadãos e as instituições para o exercício de uma cidadania que dá especial atenção aos múltiplos desafios da globalização. A defesa do meio ambiente, o consumo responsável, a atenuação das desigualdades sociais, a valoração da diversidade e o respeito pelos direitos humanos surgem como elementos nevrálgicos deste processo. Qual é o lugar dos cidadãos e das suas instituições no desenvolvimento, enquanto processo que visa a busca de um mundo mais justo e sustentável?

 

 

camoes_logo_dim.jpgPlataformadasONGD.pngunric.jpgCPLP.png

Topo da Página