Eventos
Junho
« Junho 2019 »
Do
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
30
 
Acções do Documento

[Conferência] A paisagem alimentar histórica da cidade de Lisboa

O quê
  • cientifico
Quando 2019-05-29
de 18:00 até 20:00
Onde Museu de Lisboa - Palácio Pimenta
Adicionar evento ao calendário vCal
iCal

Organização

Instituto de História Contemporânea — NOVA FCSH, Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e Museu de Lisboa

Orador

Mariana Sanchez Salvador (Lisboa, 1986) é arquitecta e investigadora. Trabalhou no atelier Carrilho da Graça Arquitectos, onde colaborou em numerosos projectos, desde a escala urbana aos equipamentos públicos, reabilitação e intervenções temporárias. A sua investigação foca-se na forma como os espaços que habitamos — da cidade à casa — são transformados pela nossa alimentação, e pelas actividades que lhe estão associadas. É autora de várias publicações nacionais e internacionais, e tem sido convidada para conferências e entrevistas. Recebeu o Prémio Arquiteto Quelhas dos Santos pela melhor Dissertação de Mestrado em Arquitectura (FAUL), recentemente publicada sob o título “Arquitectura e Comensalidade: uma história da casa através das práticas culinárias” (Caleidoscópio, 2016). Está a desenvolver a sua tese de Doutoramento em Estudos Urbanos — sobre a Paisagem Alimentar de Lisboa — na FCSH-UNL e ISCTE-IUL, com o apoio de uma Bolsa de Doutoramento atribuída pela Fundação para a Ciência e Tecnologia (FCT).



 

Quarta sessão do terceiro ciclo de conferências "Novos estudos & Novos olhares sobre a cidade: Lisboa do Terramoto à Revolução de Abril", organizado por Daniel Alves (IHC — NOVA FCSH) e Rosa Maria Fina (CLEPUL) e acolhido pelo Museu de Lisboa. Com Mariana Salvador. 

Uma Paisagem Alimentar pode ser entendida como a materialização, no espaço, das actividades associadas a cada etapa do sistema alimentar: da produção ao processamento de alimentos, da sua distribuição à comercialização, até à sua preparação, consumo e gestão dos resíduos. A partir da Carta de Silva Pinto (1904-1911), e recorrendo a outras fontes como descrições literárias, bibliografia e fotografias históricas, serão identificados e descritos estes espaços de produção, distribuição e comercialização de hortícolas, frutícolas e carne. Mais do que um mapeamento exaustivo, contudo, procurar-se-á transmitir a ambiência desta paisagem alimentar histórica, e estabelecer paralelismos com a realidade contemporânea, pondo este conhecimento histórico ao serviço de um futuro mais sustentável.

Entrada livre.

Mais informação sobre este evento…

Topo da Página
classificado em: