Acções do Documento

“Dimensões históricas de culturas orais: uma visão a partir da música sefardita”

16 de outubro - Edwin Seroussi, musicólogo, profere a conferência inaugural do Programa Doutoral “Música como Cultura e Cognição”.

“Dimensões históricas de culturas orais: uma visão a partir da música sefardita” será o tema da comunicação de Edwin Seroussi na conferência inaugural do Programa Doutoral “Música com Cultura e Cognição”, dia 16 de outubro no Auditório 2 da Torre B. No debate em torno da oralidade e da memória como fontes para a investigação histórica, duas vertentes da cultura musical sefardita (ibero-judaica) serão postas em questão na comunicação: a liturgia da Sinagoga e a canção judaico-espanhola. Enquanto a segunda tem beneficiado da visibilidade obtida pela transformação em repertório da chamada “world music”, a primeira tem uma exposição muito mais reduzida. A situação, cujas raízes se podem localizar na hispanização da cultura sefardita do século XX, será abordada na comunicação. A apresentação será acompanhada pela análise de peças musicais específicas, tanto do repertório litúrgico como do repertório popular.

Edwin Seroussi é Professor de Musicologia e Diretor do Centro de Pesquisa de Música Judaica da Hebrew University of Jerusalem. Interessa-se por questões relacionadas com música judaica e com as relações entre música judaico-islâmica e a música popular de Israel. É fundador da Yuval Music Series e editor da série de CD Anthology of Music Traditions in Israel.

A conferência “Dimensões históricas de culturas orais: uma visão a partir da música sefardita” terá lugar dia 16 de outubro, pelas 18h, no Auditório 2 da Torre B.

2014-10-13 14:55
Topo da Página
classificado em: