Acções do Documento

A gestão política do corpo difícil pelos profissionais da Saúde, da Educação e do Serviço Social

28 a 30 de novembro - Seminário temático do CICS.NOVA debate dinâmicas de gestão de corpos considerados difíceis.

O Seminário A gestão política do corpo difícil pelos profissionais da Saúde, da Educação e do Serviço Social tem o propósito de trazer para o centro do debate sociológico as dinâmicas de gestão política – pelos próprios e/ou pelos outros, leigos ou especialistas – dos corpos considerados difíceis, porque dependentes, portadores de deficiências ou outras deformações: em suma, porque “não normalizados”. Esses corpos são, por vezes, objeto de menor aceitação ou até mesmo alvo de atos discriminatórios, o que tanto origina a reserva da auto exposição como comportamentos de crítica no espaço público.

Não se pretendendo esgotar a discussão neste Seminário, desafiaram-se os participantes a centrarem as suas intervenções em torno de 4 eixos:

1. Tornar tolerável, educar, envolver: Corpos, sexualidades e modalidades de cuidado de si;

2. Corpos que chegam, corpos que partem: a complexa administração dos desassossegos da vida;

3. Corpos e espaço público: os (des) encantos da exposição;

4. Os seres são sempre capazes de fazer? A intrincada governação da (in) capacidade e da fadiga.

O Seminário decorrerá nos dias 28, 29 e 30 de novembro, no Edifício ID da NOVA FCSH. A entrada é livre.

O evento, inscrito no âmbito das atividades do CICS.NOVA - Centro Interdisciplinar de Ciências Sociais, surge na sequência de outros dois eventos já realizados pelo mesmo centro no domínio da Educação.

Informações adicionais

Programa

2017-11-23 11:25
Topo da Página
classificado em: