Acções do Documento

Alunos da NOVA participam num concurso internacional de curtas-metragens

10 alunos e antigos alunos da FCSH/NOVA estão a concorrer, com o filme ‘Pele de Cordeiro’, para o 48 Hour Film Project.

O 48 Hour Film Project é um desafio internacional que consiste em escrever, gravar e editar uma curta-metragem em apenas 48 horas. O trailer da obra a concurso já está disponível e, neste momento, está a concorrer ao prémio de Melhor Teaser.

Os elementos obrigatórios (frase, objeto e personagem) foram revelados numa sexta-feira e todos os participantes tiveram de entregar o produto final, de três a sete minutos, até ao início da noite de domingo. Para a edição deste ano, era obrigatório que o filme incluísse uma personagem ativista ambiental, um colar e a frase “Finalmente, alguma coisa com sentido”.

Gil Gonçalves, um dos elementos da equipa, explica que «todos os membros do grupo têm interesse por áreas específicas ligadas à produção de um filme». Para o aluno, licenciado em Ciências da Comunicação e atualmente a frequentar a pós-graduação de Artes da Escrita, este desafio surgiu como «um pretexto para nos juntarmos todos e fazermos um projeto fora da faculdade», que permite ganhar experiência para trabalhos futuros, a nível profissional.

O grupo, chamado Conjunto Quimera, é constituído por Ana Santos, Ana de Oliveira, André Franco, Gil Gonçalves, Joana Calado, Mariana Amorim, Mariana Branco, Mariana Godet, Patrícia Nunes e Rafael Fonseca.

O grupo que consiga vencer em Lisboa recebe uma licença do Movie Magic Screenwriter 6, um software de escrita de argumento, e terá o seu filme exibido no Filmapalooza, festival de cinema que junta os vencedores de todo o mundo.

O 48 Hour Film Project nasceu em 2001 nos Estados Unidos da América e realiza-se em 127 cidades de todo o mundo. Lisboa e Castelo Branco são as únicas localidades portuguesas. A estreia dos filmes lisboetas acontece a 25 de junho, no Teatro do Bairro, e a entrada tem o custo de 5 euros.

2017-06-27 11:01
Topo da Página
classificado em: