Acções do Documento

Arqueologia na FCSH/NOVA

28 e 29 de março – Alunos e investigadores da FCSH/NOVA participam nos projetos arqueológicos “A paisagem industrial do cabeço da nogueira” e na 1.ª intervenção no Moinho do Cortelhas.

Investigadores e alunos do 3.º ano do 1.º Ciclo do Curso de Arqueologia da FCSH/NOVA participam, no fim de semana de 28 e 29 de março, num conjunto de atividades no âmbito do projeto “A paisagem industrial do cabeço da nogueira” e da 1.ª intervenção arqueológica no Moinho do Cortelhas. A atividade, dirigida pelo Grupo de Investigação em Arqueologia Pré-industrial da Associação Portuguesa de Arqueologia Industrial (APAI), terá lugar em Glória do Ribatejo (Salvaterra de Magos).

Os trabalhos de campo decorrem num período mais vasto, entre 26 e 30 de março, com toda a logística garantida pelo Centro de Documentação e Estudos Etnográficos da Casa do Povo de Glória do Ribatejo. A equipa de trabalho é também constituída por arqueólogos da APAI, da empresa espanhola Arantigua e ainda dois alunos do ensino secundário de uma escola local, numa iniciativa que visa o envolvimento da comunidade no projeto.

A paisagem do Cabeço da Nogueira é muito marcada pela industrialização. Para além dos vestígios em alvenaria do antigo moinho rotativo em madeira, destruído pelo tornado de 1954, foram identificados vários engenhos, mós e objetos móveis associados à moagem, actividade com longa tradição em Glória do Ribatejo.

2015-03-20 15:35
Topo da Página
classificado em: