Acções do Documento

Aula de Encerramento da Cátedra Santander

16 de junho, 17h, Aud. 2 – Paulo Hilu Pinto aborda o tema “Corpo e subjetivação no Islão: uma etnografia do sufismo sírio”. Entrada livre.

Na sequência da parceria estabelecida entre a FCSH/NOVA e o Santander Totta, e por proposta do CRIA - Centro em Rede de Investigação em Antropologia e do Departamento de Antropologia, Paulo Hilu Pinto, docente da Universidade Federal Fluminense do Brasil, proferiu um ciclo de conferências doutorais dedicadas ao estudo do Médio Oriente.

A Cátedra Santander terá a sua aula de encerramento no dia 16 de junho, às 17h no Auditório 2 da Torre B.

Centrada no tema “Corpo e subjetivação no Islão: uma etnografia do sufismo sírio”, a aula final da Cátedra Santander foca o papel das formas de religiosidade sufi na formação de subjetividades religiosas e na inscrição do Islão na paisagem urbana da Síria no período antes da guerra, recorrendo à análise de material etnográfico reunido de 1999 a 2010 em Aleppo.

Paulo Hilu Pinto é doutorado em Antropologia pela Boston University (2002), docente do Departamento de Antropologia da Universidade Federal Fluminense, coordenador do Núcleo de Estudos do Oriente Médio (NEOM) na Universidade Federal Fluminense. Realizou também trabalhos de pesquisa de campo etnográficos na Síria (1999-2010), no Iraque (2012-2013), em comunidades muçulmanas no Brasil (2003-presente) e no Paraguai (2005, 2007, 2013, 2015).

Entrada livre.

Veja o cartaz

Informações adicionais sobre a Cátedra Santander

2017-06-12 16:40
Topo da Página