Acções do Documento

Cátedra UNESCO na Antena 2

Estreia, no dia 5 de outubro às 14h30, o programa de rádio "O Património Cultural dos Oceanos”. João Paulo Oliveira e Costa será responsável pela revisão científica.

História, Biologia, Meio Ambiente, Museologia, Arqueologia são algumas das áreas de conhecimento que vão ser abordadas, ao longo de 13 emissões, no programa "O Património Cultural dos Oceanos”. A iniciativa, que será emitida pela primeira vez na Antena 2 no dia 5 de outubro a partir das 14h30, resulta de uma parceria estabelecida entre a emissora de rádio e a Cátedra UNESCO "O Património Cultural dos Oceanos”, coordenada pelo CHAM — Centro de Humanidades, com a participação do IELT – Instituto de Estudos de Literatura e TradiçãoIEM – Instituto de Estudos Medievais e do IHC – Instituto de História Contemporânea.

Vão intervir no programa, na qualidade de entrevistados, João Paulo Oliveira e Costa (CHAM), Cristina Brito (CHAM), José António Bettencourt (CHAM), Ana Catarina Garcia (CHAM), Joana Gaspar Freitas (IELT), Hamilton Fernandes (IPC), Maria de Fátima Nunes (IHC), Amélia Aguiar Andrade (IEM), Carla Alferes Pinto (CHAM), Henrique Cabral (FCUL), Inês Carvalho (APCM), Maria Joana Cruz (OMA) e Márcia Dutra (OMA). As conversas serão conduzidas por João Almeida, com revisão científica de João Paulo Oliveira e Costa (CHAM) e produção de Ana Teresa Hilário (CHAM).

A Cátedra UNESCO «O Património Cultural dos Oceanos», atribuída à Universidade NOVA de Lisboa, foi lançada em 2016 e tem como principais objetivos a investigação, educação e divulgação do património cultural e natural, tangível e intangível, dos oceanos. No espírito de cooperação internacional da UNESCO, a Cátedra é suportada numa rede transatlântica de investigadores que abrangem diferentes setores da sociedade, de forma a aumentar a consciência institucional e pública deste património.

A iniciativa conta ainda com entidades parceiras externas à Faculdade como o OMA - Observatório do Mar dos Açores, a APCM - Associação Para as Ciências do Mar e o IPC - Instituto do Património Cultural de Cabo Verde.

2018-09-26 12:30
Topo da Página
classificado em: