Acções do Documento

Conferência Internacional sobre Bob Dylan

Inspirados pela atribuição do Prémio Nobel da Literatura ao polémico Bob Dylan, CETAPS e o CESEM organizam três dias de reflexão, debate e concertos. O mote é “I Am Not There”.

Na sequência do anúncio oficial do Prémio Nobel da Literatura a Bob Dylan, as opiniões do público e dos críticos dividiram-se. Em resultado o CETAPS e o CESEM, centros de investigação da FCSH/NOVA, decidiram pois discutir e celebrar o significado estético, histórico, político e cultural da obra musical, literária e visual do artista, bem como as suas influências e as implicações da sua recente distinção numa Conferência Internacional.

Introduzidos no dia 17 de maio pela projeção do filme 'I’m Not There' (2007), os dois dias de conferência serão preenchidos por comunicações de especialistas internacionais e nacionais, mesas redondas e concertos, salientando-se a participação da banda de rock londrina ‘Arable Desert’. O evento termina com um debate com algumas das personalidades mais relevantes da cultura portuguesa como José Mário Branco, Alice Vieira, João de Menezes-Ferreira, Pedro Mexia, Samuel Úria e Isabel Oliveira Martins. A entrada em todas as atividades é gratuita.

Saliente-se as intervenções de dois especialistas no domínio em estudo: Stephen Wilson e Telmo Rodrigues. O primeiro, docente da Universidade de Coimbra, inclui na sua atividade letiva o conhecimento resultante de vinte anos de investigação dedicada a Bob Dylan. Já Telmo Rodrigues, investigador do IFILNOVA, tem centrado o seu percurso académico no estudo do autor americano, sendo o único português especificamente doutorado no tema (pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa).

A conferência aborda assuntos tão diversos quanto o poder do Prémio Nobel da Literatura; influências entre autores e épocas, de Shakespeare aos Beatles, passando por Keith Jarrett, Leonard Cohen e José Mário Branco; os antecedentes da obra de Dylan e a sua influência social; fãs e comunidades dylanescas; a religião da produção de Dylan; ativismos políticos e música de protesto nos EUA e em Portugal, entre outros; Bob Dylan como performer; a sua relação com as artes visuais; os textos de Dylan como poesia e narrativa literária; género e queerness em Dylan e outros cantautores; Dylan e o ciberespaço; Dylan e cinema, televisão e internet; transmedia e intertextualidade em práticas musico-literárias; os alter-egos e personas do autor, entre outros temas.

Para além destas intervenções, destaca-se a exibição, na tarde de 17 de maio, do filme que dá nome à conferência - 'I’m Not There' (2007), realizado por Todd Haynes - e que será comentado por Paulo Filipe Monteiro, Iñigo Sánchez, Teresa Botelho, Paula Gomes Ribeiro e Rogério Miguel Puga.

O final do segundo dia será marcado por um concerto com canções de José Mário Branco, realizado pelo Departamento de Ciências Musicais (FCSH/NOVA), sob a direção do Professor e Contrabaixista João Nogueira.

A banda rock londrina 'Arable Desert' desloca-se especialmente à FCSH/NOVA para, com um concerto gratuito a 19 de maio, brindar o público com canções de Dylan e originais do próprio grupo.

A entrada nos concertos, na projeção do filme e em todas as restantes atividades da Conferência será gratuita.

Programa

  • Projeção de I'm not there (2007) e debate sobre o filme - 17/05/2017: 15h30-18h45; Torre B: Auditório 1;
  • Concerto de canções de José Mário Branco por estudantes do Departamento de Ciências Musicais e direção de João Nogueira - 18/05/2017: 18h00-19h00; Edifício I&D: Multiusos 3;
  • Mesa Redonda com José Mário Branco, Alice Vieira, João de Menezes-Ferreira, Pedro Mexia, Samuel Úria e Isabel Oliveira Martins - 19/05/2017: 18h00-19h30; Torre B: Auditório 1;
  • Concerto 'Arable Desert rock FCSH': ao ar livre, no espaço da FCSH.

2017-04-12 12:20
Topo da Página
classificado em: