Acções do Documento

Investigadora da NOVA FCSH vence bolsa do Remarque Institute

Ana Paula Pires, investigadora do Instituto de História Contemporânea, recebeu uma Bolsa de Investigador Visitante do Remarque Institute da Universidade de Nova Iorque.

É a segunda vez que um investigador da Universidade NOVA de Lisboa integra esta programa, distinção apenas atribuída a Daniele Serapiglia, em 2018, também investigadora do Instituto de História Contemporânea (IHC) da NOVA FCSH, e a António Costa e Rui Tavares, em 2017 e 2016, respetivamente. No passado, figuras como Zeev Sternhell, Gilles Pécout, Sergio Luzzatto, Pierre Rosanvallon, Giulio Sapelli, Donald Sassoon ou Ruth Bem-Ghiat foram também recipientes desta bolsa.

Com esta bolsa, Ana Paula Pires tem a oportunidade de aprofundar o estudo da ajuda humanitária prestada a Angola e Moçambique durante a I Guerra Mundial, no âmbito do projeto “HUMAN: A Humanitarian History of the First World War in Africa”, durante a estadia na Universidade de Nova Iorque, entre setembro e dezembro de 2019.  A investigadora  do IHC é doutorada em História pela NOVA FCSH com especialização em História Económica Social e Contemporânea.

O Remarque Institute é um centro de investigação dedicado aos estudos sobre a Europa, nomeadamente na sua faceta social e cultural. Foicriado em 1995, sob direcção do historiador britânico Tony Judt, a partir de umdonativo da famosa actriz Paulette Goddard, viúva do escritor alemão Erich MariaRemarque - que dá nome ao instituto.

2019-05-31 16:55
Topo da Página
classificado em: