Acções do Documento

Jorge Crespo

4.º Director da FCSH/NOVA (1996-2005). Professor catedrático jubilado da Faculdade e reconhecido especialista nos estudos do corpo e do jogo em Portugal.

Jorge Crespo nasceu a 10 de Dezembro de 1936, em Carnaxide, Oeiras. O percurso académico foi desenvolvido na FCSH, de 1978 a 2006. Na base da formação obtida esteve, de 1975 a 1978, a licenciatura em Ciências Humanas e Sociais – Ramo de Economia. Sociedades. Civilizações (dominante História), completada com a frequência do Seminário “Histoire des Savoirs et des Comportements Biologiques”, em 1978 – 1979, sob a orientação de Jean Paul Aron, na École des Hautes Études en Sciences Sociales, em Paris. Foi superiormente orientado em todo o processo pelos professores Augusto Mesquitela Lima e Vitorino Magalhães Godinho, seus mestres mais influentes.

Entre 1994 e 2006, foi coordenador científico do Centro de Estudos de Etnologia Portuguesa da Faculdade e, neste quadro, director da Revista “Arquivos da Memória”. Também foi Presidente da Direcção da Associação Portuguesa de Antropologia, de 1991 a 1993.

Em fase anterior, de 1974 a 1975, exerceu funções de direcção no Instituto Superior de Educação Física - Universidade Técnica de Lisboa, onde teve responsabilidades docentes em várias disciplinas que estabeleciam a ligação entre as Ciências do Desporto e as Ciências Sociais e, no âmbito do qual, em 1985, realizou as provas de doutoramento na área de Sociologia das Actividades Físicas.

Os seus domínios de investigação principais (antropologia e história do corpo, sociologia da cultura e do desporto, antropologia e história do jogo) estruturaram uma bibliografia que integra, entre outras, as obras seguintes: Vitorino Magalhães Godinho – Portugal e os Portugueses, Ed. Fórum, Lisboa, 1988; “A Civilização do Jogo. As Transformações do Elemento Lúdico em Portugal (Séc. XVIII – XIX)”, Revista de História Económica e Social, nº 25, 1989; História do Corpo, Col. Memória e Sociedade, Ed.  Difel, Lisboa, 1990; “A «Arquitectura» do Corpo em Portugal na Transição do século XVIII para o século XIX”, Boletim da Sociedade Portuguesa de Educação Física , nº 5/6, 1992; “O Corpo em Jogo no Ocidente Medieval”, O Corpo e o Gesto na Civilização Medieval, Ed. Colibri e Instituto de Estudos Medievais da UNL, 2005; “As Provas do Corpo. Os sinais da morte nos séculos XIII-XIX”, Pro-Posições, Faculdade de Educação – Unicamp – Campinas, Vol. 14, nº 12, 2003; “O Corpo, a Diferença”, Os Outros em Eu.Universidade do Porto. Capital Europeia da Cultura 2001; “O Processo de Civilização do Corpo em Portugal”. Uma História do Desporto em Portugal, Vol.1, Ed. Quidnovi, 2011; “ A Construção da Mesa do Rei”, A Mesa dos Reis de Portugal, Ed. Círculo de Leitores, Lisboa, 2011; O Espírito do Jogo. Estudos e Ensaios, Ed. Colibri e IELT, Lisboa, 2012.

2013-09-18 09:30
Topo da Página