Acções do Documento

NOVA FCSH abre campo-escola de Arqueologia

Protocolo entre Faculdade o Município da Amadora dá origem a estrutura única em Lisboa e introduz uma importante componente prática no ensino da Arqueologia.

Francisco Caramelo, Diretor da NOVA FCSH, e Carla Tavares, Presidente do Município da Amadora (MA), assinaram um protocolo que prevê a criação de um campo-escola de Arqueologia para os alunos do 1º e 2º ciclo da Faculdade.

A intenção é a de enriquecer a formação académica com uma componente prática através das Unidades Curriculares de Métodos de Escavação e Prospeção, Materiais Arqueológicos e Registo Arqueológico do curso de Arqueologia, criando em simultâneo uma estrutura inédita em Lisboa e a segunda do género em Portugal. Outros objetivos são permitir “uma maior cooperação, contínua e regular” entre as duas instituições participantes, “promovendo desta forma a valorização e preservação do património cultural do concelho”, afirma o website do Município.

Estabelecida pela primeira vez em 2012, a parceria entre a NOVA FCSH e o MA já permitiu a integração de mais de uma centena de discentes da Faculdade nas ações de escavação e trabalhos de laboratório do Museu Municipal de Arqueologia da Amadora. Ao abrigo do mesmo documento desenvolveram-se também parcerias na área da investigação como no caso do PIPA - Projeto de Investigação Plurianual em Arqueologia “Povoamento em época romana na Amadora”, recentemente aprovado pela DGPC - Direção Geral do Património Cultural e do qual fazem parte quatro investigadores da Faculdade.

A assinatura do protocolo, que teve lugar hoje no Museu Municipal de Arqueologia/Núcleo Museográfico do Casal da Falagueira, foi seguido de uma visita guiada aos trabalhos arqueológicos no sítio do Moinho do Castelinho (Falagueira), onde participam alunos da licenciatura em arqueologia da NOVA FCSH.

Veja a reportagem da TV Amadora

O documento foi assinado por Carla Tavares, Presidente do Município da Amadora,
e Francisco Caramelo, Diretor da NOVA FCSH

2017-07-25 14:20
Topo da Página