Acções do Documento

O papel da História na conceção de um museu, segundo Bárbara Coutinho

Masterclass da diretora do MUDE é aberta ao público, nesta quinta, 10 de maio, às 18h, no auditório 1 da NOVA FCSH.

A sensibilidade e a metodologia da investigação histórica são fatores muito importantes na conceção de um museu”, para Bárbara Coutinho, tanto na definição do seu programa de exposições como na sua arquitetura. E é precisamente o exemplo do Museu do Design e da Moda, que dirige desde o início do seu projeto, em 2006, que serve de mote à aula que vai dar na NOVA FCSH.

A antiga aluna regressa à faculdade para mostrar como o percurso académico se reflete no trabalho museológico que tem desenvolvido. “Como é que a formação que recebi em História e História de Arte, como é que esse quadro mental que fui adquirindo ao longo de muitos anos, influenciou a construção do museu e as principais decisões do projeto de arquitetura.

São muitas as perguntas que um museu suscita: Construir de raiz ou reabilitar? Como reabilitar? Com que finalidade? Que função tinha o edifício na cidade? É a partir das respostas que se constrói um conceito museológico. O museu é o espaço de expressão do trabalho coletivo e multidisciplinar, onde se cruzam três disciplinas que lhe são muito caras: História de Arte, Arquitetura e Design.

Bárbara Coutinho estudou História, variante de História da Arte, tendo dedicado depois dois anos a uma especialização em Didática em História e História da Arte, fazendo posteriormente o mestrado em História da Arte Contemporânea.

Foto ©Luísa Ferreira 2016

2018-05-09 16:18
Topo da Página