Acções do Documento

Estudo sobre stress e tomada de decisões vence prémio da NOVA

Ana Ferreira, investigadora do CICS.NOVA, foi uma das distinguidas com o Prémio de Investigação Colaborativa Santander Totta/Universidade NOVA de Lisboa.

De que forma os processos neurológicos podem explicar as tomadas de decisão das pessoas, nomeadamente em situações de stress? A pergunta serviu de partida para o projeto “Stress-induced neuroinflammation: mechanisms and implications for decision-making and performance”, recentemente distinguido com o Prémio de Investigação Colaborativa Santander Totta/Universidade NOVA de Lisboa na área das Ciências da Vida.

O galardão foi entregue aos investigadores Ana Ferreira (CICS.NOVA/NOVA FCSH), Raffaela Gozzelino (NOVA Medical School) e Pedro Neves (NOVA SBE) por João Sàágua, Reitor da NOVA, e António Vieira Monteiro, Presidente do Santander Totta durante o Science Day da NOVA.

O projeto teve como ponto de partida estudos laboratoriais com ratinhos, nos quais se verificou que os animais, quando estão mais stressados, têm um comportamento mais agressivo, acabando por ficar com uma acumulação de ferro no córtex pré-frontal do cérebro, zona dos comportamentos e tomadas de decisões.

A intenção futura é estudar esse fenómeno no ser humano, integrando os processos biológicos e psicológicos para determinar também a forma como a dimensão social influi nesses processos de tomada de decisão, de forma a ter uma fotografia completa sobre o modo como as pessoas lidam com o stress.

2018-09-13 16:35
Topo da Página