Acções do Documento

Entrega do Prémio de Jornalismo Florestal

23 de março, às 15h – Centro PINUS distinguiu trabalho jornalístico, promovendo o debate «O Caminho do Jornalismo» com Luísa Schmidt, Carlos Magno, Sofia Branco e Luís Osório. Veja o vídeo!

O Centro PINUS, Associação para a Valorização da Floresta de Pinho, atribuiu, no dia 23 de março, o Prémio Centro PINUS de Jornalismo Florestal que visa distinguir bianualmente o trabalho jornalístico que, pela sua qualidade e originalidade, mais contribuiu para a reflexão pertinente da temática florestal nacional junto da sociedade civil.

Veja o vídeo!

 

A anteceder a entrega do prémio, o Centro PINUS promoveu um debate sobre «O Caminho do Jornalismo - informação financiada: sim ou não?». Para o encontro foram convidados responsáveis de áreas distintas, mas que trabalham todos em prol de um jornalismo de qualidade em Portugal: Luísa Schmidt, Carlos Magno, Sofia Branco e Luís Osório.

Luísa Schmidt é socióloga do Instituto de Ciências Sociais, doutorou-se em Sociologia da Comunicação e do Ambiente e colabora no semanário Expresso, onde assina uma coluna ligada ao tema. Carlos Magno é presidente do Conselho Regulador da Entidade Reguladora para a Comunicação Social. Nos últimos anos, fez comentário político na RTP e teve dois programas semanais de rádio na Antena 1. Sofia Branco é presidente do Sindicato de Jornalistas, jornalista da Agência Lusa e trabalhou anteriormente no jornal Público. Luís Osório é diretor-adjunto no Jornal I desde setembro de 2014. No jornalismo já dirigiu um jornal e uma estação de rádio. Foi autor de programas de televisão e publicou quatro livros.

O júri do prémio, que tem o valor monetário de 5.000 euros, foi liderado pelo presidente da Direção do Centro PINUS e contou ainda com o Vice-presidente do ICNF. I.P, a presidente do Sindicato dos Jornalistas, Sofia Branco e o presidente da ERC, Carlos Magno.

 

Centro PINUS

Para além do importante trabalho desenvolvido dentro do sector florestal, nos últimos anos o Centro PINUS tem-se esforçado por sensibilizar novos públicos para as temáticas florestais, em particular, da floresta de pinho. Neste sentido, surge o Prémio Centro PINUS Jornalismo Florestal que segundo o presidente do Centro PINUS, João Gonçalves, “será uma forma de reconhecimento da extrema relevância dos bons trabalhos jornalísticos sobre uma temática que, tradicionalmente, só entra na agenda mediática pelas piores razões, nomeadamente casos de incêndios florestais, ficando esquecida a enorme importância económica, social e ambiental do sector”.

2015-03-18 12:30
Topo da Página
classificado em: