Acções do Documento

FCSH/NOVA regressa ao Ribat da Arrifana

Rosa e Mário Varela Gomes, arqueólogos do Instituto de Arqueologia e Paleociências, regressam às escavações em Aljezur.

Está a decorrer uma escavação da necrópole do Ribat da Arrifana (Aljezur), dirigida por Rosa Varela GomesMário Varela Gomes, docentes do Departamento de História da FCSH/NOVA e arqueólogos do Instituto de Arqueologia e Paleociências (IAP) da Universidade NOVA de Lisboa. A atividade conta com a colaboração das antropólogas Nathalie Antunes Ferreira e Filipa Amado dos Santos, assim como de alunos do Mestrado e Licenciatura em Arqueologia da Faculdade.

Durante os trabalhos foram já descobertas novas sepulturas, onde quatro destas conservam restos osteológicos que permitem estudos bioantropológicos e de carácter ritual. A campanha, possível graças a um financiamento da Fondation Max van Berchem, de Genebra, vai decorrer até ao final do presente mês.

O ribāt da Arrifana foi classificado como Monumento Nacional pelo decreto nº 25/2013, sendo o primeiro do Município de Aljezur com tal categoria e um dos poucos que fazem parte do legado islâmico do atual território nacional.

2014-07-22 10:50
Topo da Página
classificado em: