Acções do Documento

Alunos e fotografos debatem imagens revolucionárias

O papel da imagem na perpetuação de eventos históricos na memória coletiva é tema para um debate, a 9 de maio, com os fotojornalistas António Pedro Ferreira, Céu Guarda e Luís Vasconcelos.

As circunstâncias 'perfeitas', do ponto de vista político, social e estético, que se conjugam para que uma fotografia seja imortalizada pela história é um dos temas centrais do debate “Fotografia e Revolução”. A iniciativa, que terá lugar no dia 9 de maio às 10h no Auditório 3, é promovida pelo ICNOVA e conta com a presença dos repórteres António Pedro Ferreira, Céu Guarda e Luís Vasconcelos.

Aproveitando a vasta experiência dos interlocutores na cobertura de conflitos e acontecimentos violentos, as questões em debate vão oscilar em torno da imagem e do jornalismo, nomeadamente a intenção do fotografo, a sua liberdade criativa ou o seu papel nas práticas jornalísticas contemporâneas. No fundo, a conversa será, ao longo do evento, construida pelas perguntas colocadas pelos próprios estudantes

A moderação está a cargo de Margarida Medeiros e Carla Batista, docentes do Departamento de Ciências da Comunicação.

 

Oradores convidados
António Pedro Ferreira estagiou na Agência Magnum em França e é fotojornalista do Expresso desde 1987. Premiado com o Prémio Gazeta de Jornalista em 1998 e do Clube Português de Imprensa em 2000, é autor de inúmeros livros e os seus trabalhos são expostos em várias galerias nacionais e internacionais.

Céu Guarda estudou Fotografia e Pintura na AR.CO e na Faculdade de Belas Artes de Lisboa onde também desenvolveu projectos em vídeo. Começou a trabalhar na imprensa escrita como ilustradora, depois como fotógrafa e, mais tarde, como editora de fotografia. Colaborou com várias publicações portuguesas e estrangeiras como o DN Magazine, Grande Reportagem, Le Monde 2, ou Libération entre outros. Foi fotógrafa residente do Jornal O Independente e Editora de Fotografia do Jornal i, do qual fez parte da equipa fundadora.Fez pesquisa fotográfica para a revista Visão História. Foi Co-fundadora da Kameraphoto e da KGaleria com a qual trabalhou durante mais de uma década. Atualmente é fotógrafa independente ensina Fotografia.

Luís Vasconcelos é um dos mais experientes fotógrafos portugueses. Diretor do Prémio Estação Imagem, está na origem de vários projetos jornalísticos na área da fotografia, como o Público e a Visão. Autor de vários livros, expõe e comissaria exposições com regularidade.

2018-04-20 13:15
Topo da Página
classificado em: