Acções do Documento

Governo de Ceuta e NOVA organizam Campo Arqueológico

André Teixeira, professor e investigador da NOVA FCSH, é um dos diretores da iniciativa.

Está a decorrer, desde o dia 2 e até ao dia 14 de julho, na jazida arqueológica de Llano de la Dama, o Campo Arqueológico Internacional de Ceuta, uma iniciativa do governo autónomo desta cidade e da NOVA FCSH, no âmbito do protocolo entre as duas instituições. A Faculdade participa através do CHAM, um dos seus centros de investigação.

O projeto é dirigido em conjunto por André Teixeira, professor e investigador da NOVA, e Fernando Villada Paredes, do Instituto de Estudios Ceutíes e arqueólogo da cidade. Na iniciativa participam dois monitores portugueses e mais de uma dezena de alunos, alunos da NOVA FCSH, mas também das universidades de Granada e de Cádis.

A zona de Llano de La Dama é qualificada no jornal Faro de Ceuta como sendo "dotada de grande importância pela informação interpretativa que contém". Os arqueólogos responsáveis afirmaram à Ceuta TV que esta é "uma jazida única em toda a África", tendo os alunos qualificado a experiência como "muito enriquecedora".

Este projeto permitirá ainda aos alunos completar a sua formação prática em arqueologia de campo e laboratório, incluindo o aprofundamento de conhecimentos em técnicas de escavação, registo arqueológico e processamento de materiais, desenho arqueológico, documentação planimétrica de intervenções arqueológicas ou fotografia arqueológica.

2018-07-11 12:30
Topo da Página
classificado em: