Acções do Documento

Jornadas Envelhecimento, Espaços Culturais e Arte Contemporânea

8 de março - “Perfil e motivações dos públicos seniores” é o tema do primeiro de três encontros anuais organizados pelo Instituto de História da Arte.

O grupo de Estudos em Arte Contemporânea do Instituto de História da Arte (IHA) da Universidade NOVA de Lisboa está a organizar, através do seu investigador Bruno Marques e juntamente com o Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa e a Culturgest, um ciclo de Jornadas Internacionais sobre as relações entre Envelhecimento, Espaços Culturais e Arte Contemporânea. Os encontros, de carater anual, terão como temas “Perfil e motivações dos públicos seniores” (este ano), “Mediação e educação: desafios, agentes e processos” (2017) e “Acesso à cultura e envelhecimento ativo: programação e comunicação” (2018).

O objetivo deste primeiro encontro é o de conhecer as recentes mutações verificadas nos públicos, (re)definindo as suas diferentes tipologias com particular enfoque no público sénior, segmento com cada vez maior expressão e novas características.

Inscrições

Programa e informações adicionais

 

Keynote Speakers

Anya Dieckmann, IGEAT-Université Libre de Bruxelles

Professora em Turismo na Université Libre de Bruxelles (Bélgica). É atualmente presidente do IGEAT – Institut de Gestion de l’Environnement et d’Aménagement du Territoire, onde dirige o Laboratoire Interdisciplinaire Tourisme, Territories et Sociétes (LIToTeS). A sua pesquisa e publicações centram-se no turismo cultural e social com um foco particular em sistemas de turismo social, benefícios e direitos do turismo. É co-editora (com Scott McCabe e Lynn Minnaert) do livro “Turismo Social na Europa: Teoria e Prática” (2011) e do livro “Turismo Social: Perspectivas Internacionais. O contributo da investigação “(2013), com Louis Jolin. Atualmente é coordenador da Aliança para a Formação e Investigação em Turismo Social e Solidário, da ISTO – International Social Tourism Organisation.

 

Ana Sepúlveda, 40+Lab Managing Partner

Especialista em consultoria estratégica, com mais de 17 anos de experiência em marketing e estudos de mercado, é atualmente CEO da consultora 40+Lab, a única empresa de consultoria portuguesa especializada nos consumidores sénior. Licenciada em sociologia pela Universidade Nova de Lisboa e com mestrado em Estudos Culturais Norte-Americanos, pela Universidade Aberta, com master em inovação e coolhunting, está agora a preparar o seu doutoramento sobre os consumidores e o impacto das mudanças neuro-cognitivas no consumo e estilo de vida. Autora do livro “Marketing para os 45+. Um mercado em expansão” (Editora Actual), em co-autoria com Luís Rasquilha.

 

Margarida Lima de Faria, Departamento de Ciências e Engenharia de Biossistemas (DCEB) – Instituto Superior de Agronomia (ISA) – Universidade de Lisboa. Doutorou-se em Estudos Museológicos pela Universidade de Leicester, Reino Unido, em 1994. Dirigiu e lecionou a disciplina “Cultura e Desenvolvimento” do curso de Comunicação Cultural e Social da Faculdade de Ciências Humanas na Universidade Católica Portuguesa entre 1995 e 2005, tendo também sido docente de cursos de mestrado e pós-graduações. É autora de uma série de artigos científicos sobre estudos de público e avaliação de museus, e tem orientado teses de mestrado nesta área. Em 2013 fez parte da equipa do estudo MUSEUS E PÚBLICO SÉNIOR EM PORTUGAL PERCEPÇÕES, UTILIZAÇÕES, RECOMENDAÇÕES, realizado pelo Grupo de Acessibilidades dos Museus (GAM) e  financiado pela Fundação Gulbenkian.

 

Teresa Torres de Eça, Núcleo de Educação Artística (i2ADS), Faculdade de Belas Artes, Universidade do Porto. Doutorada pela Universidade de Surrey Roehampton (UK). Investigadora integrada do Instituto de Investigação em Arte, Design e Sociedade (i2ADS), Faculdade de Belas Artes, Universidade do Porto. Professora convidada do curso Máster en Investigación en Artes, Música y Educación Estética (MIAM) da Universidad de Jaén, Espanha. Presidente da International Society for Education Through Art-InSEA (2014-2017); Presidente da Associação de Professores de Expressão e Comunicação Visual – APECV (2008- 2016); Diretora do Centro de Formação de Professores Almada Negreiros (APECV); Artista Plástica. Colabora também com o Centro de Investigação em Artes e Comunicação (CIAC) – Universidade Aberta, Portugal. Editou vários livros e escreveu vários artigos em revistas internacionais sobre educação artística. É co-editora da revista IberoAmericana de Pesquisa em Educação, Cultura e Artes Invisibilidades.

 

2016-03-04 12:10
Topo da Página
classificado em: