Acções do Documento

Memória das Avenidas sai à rua

A Av. Duque de Ávila, em Lisboa, é palco de uma exposição ao ar livre que evoca as memórias dos residentes daquele espaço da capital.

No contexto da inauguração da requalificação do espaço público em torno da Praça do Saldanha, o projeto "Memória das Avenidas" também saiu à rua, com a exposição ao ar livre “Memória das Avenidas Novas” na Avenida Duque de Ávila.

A mostra, desenvolvida por uma equipa do Instituto de História Contemporânea (IHC) em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa, é dedicada à memória e histórias de vida dos moradores das Avenidas Novas. É composta por conjuntos de imagens (do Arquivo Municipal de Lisboa e arquivos pessoais), além de memórias de vida dos residentes.

O projeto Memórias das Avenidas integra o programa Memória para Todos do IHC, dedicando-se ao estudo e compreensão da memória histórica das Avenidas Novas através do registo e partilha de testemunhos orais, documentos e objetos de quem viveu nesta zona de Lisboa.

A exposição estará patente até ao final do mês de fevereiro.

Leia o artigo do Público sobre o projeto Memória das Avenidas

2017-01-24 11:50
Topo da Página
classificado em: