Acções do Documento

National Geographic destaca trabalho de Sara Silva

Investigadora do IELT é referida num artigo sobre a origem dos contos tradicionais.

“Contos antigos como o tempo” é o título do artigo de duas páginas onde a National Geographic explica a origem de algumas histórias tradicionais, baseando-se num trabalho desenvolvido por Sara Silva, investigadora do IELT, e Jamie Tehrani, antropólogo da Universidade de Durham, em Inglaterra.

Segundo explicado pela edição britânica deste mês, os dois investigadores ficaram intrigados pelo motivo porque, por exemplo, a história da “Bela e o Monstro”, na Europa, é igual à “Fada Serpente”, na China. Como explicação avançaram com uma hipótese teorizada pelos irmãos Grimm (responsáveis pela recolha e compilação de muitos destes contos), segundo a qual todas estas histórias teriam um “antepassado” comum, há milhares de anos atrás, criado ainda antes da invenção da escrita.

Numa ampla infografia de duas páginas, a National Geographic explica desta forma a origem de diversos contos populares. Um dos mais antigos que se conseguiram registos – com 6 mil anos – é o do “Serralheiro e o Diabo”, onde o primeiro vende a alma em troca da capacidade de soldar qualquer tipo de material. Mas o melhor é ler tudo aqui

O trabalho de Sara Silva já antes tinha sido notícia à escala global através de um artigo publicado na Royal Society Open Science.

2018-03-21 14:55
Topo da Página
classificado em: