Acções do Documento

Angola: Os legados do passado, os desafios do presente

Submissão de artigos até 30 de agosto 2017
Quando 2017-11-14 00:00 até
2017-11-15 00:00
Onde Facudade de Letras da Universidade de Lisboa
Nome do Contacto
Adicionar evento ao calendário vCal
iCal

Organização:
Centro de História da Universidade de Lisboa, Centro de Estudos Africanos da Universidade do Porto, Centro de Estudos Internacionais do ISCTE-IUL e Instituto de História Contemporânea da Universidade Nova de Lisboa

 

Quinze anos volvidos sobre o fim da sua longa guerra civil, Angola permanece um campo de estudos desafiante para a história e as ciências sociais, conforme se pode verificar pela recente publicação de várias monografias sobre a trajectória histórica desde o período pré - colonial ao boom económico pós 2002. Por exemplo, a eleição presidencial anunciada para Agosto de 2017 poderá representar um novo ciclo político? Ou independentemente da eleição, permanecerá a actual configuração política e social? No mesmo sentido, haverá uma continuidade no modelo económico?

Este será, portanto, um momento oportuno para se promover uma reflexão, quer da perspectiva histórica, quer das ciências sociais, acerca de Angola. No processo de construção do país independente, de que modo pesaram os lastros do passado? Em que medida os avanços e os constrangimentos poderão ser imputados ao colonialismo ou em que medida derivam das contingências e das políticas desenhadas após a independência? Ou, ainda, como é que o ambiente externo e a inserção de Angola na economia mundial têm condicionado ou poderão contribuir para o desenvolvimento económico?

Nesta Conferência multidisciplinar pretendem - se balanços da história e de outros campos do saber acerca de Angola aliado à reflexão sobre o devir do país. O objetivo da Conferência é abrigar debates sobre novos objectos e perspectivas sobre a história política, económica e cultural de Angola, revisitando questões consagradas pela historiografia, e abordar temas e problemáticas relevantes para a Angola do presente.

 

Ver call for papers

Mais informação sobre este evento…

Topo da Página