Maria Cardeira da Silva

Gabinete: 406

m.cardeira@fcsh.unl.pt

Unidade de investigação: Centro em Rede de Investigação em Antropologia (CRIA - NOVA FCSH)

Áreas de investigação: Islão, Contextos Árabes, Património, Turismo, Género, Direitos Humanos

Formação
AnoGrauÁreaInstituição
1996DoutorAntropologiaFCSH-UNL
  • 2013. (Org.) Castelos a Bombordo. Etnografias de Patrimónios Africanos e memórias Portuguesas, Lisboa, CRIA, ISBN. 978-989-97179-1-6
  • 2013. Com SARAIVA, Clara, (Org.) As Lições de Jill Dias/The Jilll Dias Lessons. Antropologia, História, África, Academia. Lisboa, CRIA, ISBN 978-989-97179-2-3.
  • 2013 (revisto e reeditado). O sentido dos Árabes no nosso sentido em Castelos a Bombordo. Etnografias de Patrimónios Africanos e memórias Portuguesas, pp. 19-42, Lisboa, CRIA, ISBN 978-989-97179-1-6  
  • 2013. Com OLIVEIRA, Sandra, Cruzeiros de Soberania. O primeiro Cruzeiro de Férias às Colónias em Castelos a Bombordo. Etnografias de Patrimónios Africanos e memórias Portuguesas, pp. 261-284. Lisboa, CRIA, ISBN 978-989-97179-1-6  
  • 2013. Com TAVIM, José Alberto, Marrocos no Brasil: a festa de São Tiago em Mazagão (Velho) do Amapá, em Castelos a Bombordo. Etnografias de Patrimónios Africanos e memórias Portuguesas, pp. 124-152, Lisboa, CRIA, ISBN 978- 989-97179-1-6  
TítuloFonte de financiamentoInícioEstado
2007-2011. Investigador responsável do Projecto PTDC/ANT/67235/2006 subsidiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia. Castelos a Bombordo II. Práticas e Retóricas da Monumentalização do Passado Português, Cooperação Cultural e Turismo em contextos africanos. PTDC/ANT/67235/2006Concluído
2003-2006. Responsável pela Coordenação Científica do Projecto POCTI/ ANT / 48269/ 2002, subsidiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia. Castelos a Bombordo. Práticas de Monumentalização do Passado e discursos da Cooperação Cultural entre Portugal e os Países Árabes e Islâmicos. Centro de Estudos Africanos e Asiáticos do Instituto de Investigação Científica Tropical.Concluído
2010-2011 Responsável pela Coordenação Científica do Projecto FCT/ 2010-2011 - Jill Rosemary Dias: acervo documental, bibliográfico e fotográficoConcluído
1999-2002. Responsável pela Coordenação Científica do projecto Novos Fluxos e Percursos. Turismo, consumo de património e identidades locais na zona de interacção histórica e partilha cultural entre Portugal, Espanha e Marrocos, no âmbito da Acção Piloto de Cooperação Portugal /Espanha /Marrocos. Ordenamento do território e património cultural (FEDER).Concluído
2012- . Membro da equipa de investigação do Projecto subsidiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia FCT PTDC/IVC-ANT/4033/2012, IR Cyril Isnard; Religious Memories and Heritage Practices in the Mediterranean. Confessional Coexistence and Heritage Assertion. MERAP-MED. Memórias religiosas e ação patrimonial no Mediterrâneo. Coexistência confessional e afirmação patrimonial.Concluído
2011-2012 Membro da equipa do Projecto Gerações e governança: juventude, envelhecimento e políticas públicas em contextos comparados. Programa de Mobilidade Académica. Fundação Calouste GulbenkianConcluído
2010-2012. Membro da Equipa de Investigação do Projecto Cultura, género y poder. Islam en diáspora (CCG10-UAM/ HUM 5688). Dirección General de Universidades de la Comunidad Autónoma de Madrid (España). Coord. Ángeles Ramírez (UAM).Concluído
2011-2012. Colaboração e consultoria no Projecto Mutual Heritage. From historical 10 integration to contemporary active participation. Euromed Heritage programme 4. IR. Romeo Carabelli. Université François-Rabelais,Tours, CITERESConcluído
2001-2004. Membro da equipa de investigação do Projecto subsidiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia Contextos coloniais e pós-coloniais de globalização: interacção e discurso no mundo lusófono. Século XVI a XXI” IR Jill Dias. Centro de Estudos Africanos e Asiáticos do Instituto de Investigação Científica Tropical e FCSHUNL.Concluído
1996-2000. Membro da equipa de investigação do projecto Mudança Social e Identidades Culturais nas Áreas de Interacção Histórica Portuguesa, elaborado pela equipa do Centro de estudos Africanos e Asiáticos do I.I.C.T., IR Jill Dias, e subsidiado pelo programa Praxis XXIConcluído
1992–1995. Investigadora no projecto Ser português em Portugal - Estudo Multidimensional das identidades - Nacional, Regionais e Locais, IR José Pereira Bastos, subsidiado pela J.N.I.C.T.Concluído
CargoInícioFim
2012-2015- Coordenadora do 3º Ciclo do Departamento de Antropologia da FCSH
2013-2015. Membro da Comissão Executiva do Doutoramento em Antropologia: Políticas Imagens da Cultura. FCT / FCSH-UNL / ISCTE-UL
1994-2003 / 2008-2015. Coordenadora do Programa Erasmus e Mobilidades. Dep. Antropologia FCSH-UNL
2013-2015. Membro suplente do Conselho Científico da Faculdade de Ciências Sociais e humanas
2008-2015. Coordenadora Científica da área de Especialidade do Mestrado em Antropologia: Culturas em Cena e Turismo
2008-2015. Co-coordenadora Científica da área de Especialidade do Mestrado em Antropologia: Direitos Humanos
2010-2015. Coordenadora do Núcleo de Estudos em Contextos Árabes e Islâmicos (NECI / hoje AZIMUTE) do CRIA- Centro em Rede de Investigação em Antropologia
2008-2012. Coordenadora da Linha de Investigação (hoje Grupo de trabalho) Cultura: Práticas, Políticas e Exibições do CRIA- Centro em Rede de Investigação em Antropologia
2008-2013. Coordenadora Científica do Curso de Pós-Graduação de Cultura Portuguesa Contemporânea (e-learning). Instituto Camões
2010-2015. Membro da Comissão Editorial da revista Etnográfica (CRIA).
1984-2015. Docente responsável pela área dos Contextos Árabes e Islâmicos: disciplinas de Povos e Culturas não Europeias / Culturas não Europeias / Sociedades e Culturas: Estudos Comparativos / Contextos Etnográficos Árabes e Islâmicos - cadeiras curriculares do tronco comum da Licenciatura em Antropologia da FCSH-UNL
1997-2015. Docente responsável pela disciplina de Antropologia e Direitos Humanos. Cadeira opcional da Licenciatura em Antropologia da FCSH-UNL

As nossas redes

Para quem quer estar mais próximo do que está a acontecer